Amazonas é o estado com mais assassinatos de indígenas no país em 2021, aponta Cimi

O Amazonas é o estado que registrou mais assassinatos de indígenas no Brasil em 2021, segundo o relatório “Violência Contra os Povos Indígenas do Brasil – dados de 2021”, divulgado pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), nesta quarta-feira (17).

De acordo com o relatório, durante todo o ano, 38 indígenas foram mortos violentamente no Amazonas, que se tornou o estado que mais teve mortes violentas de indígenas no ano.

O segundo estado com mais registros foi Mato Grosso do Sul, com 35 assassinatos e, o terceiro, foi Roraima, com 32 casos.

Estados com mais assassinatos de indígenas em 2021
Assassinatos383835353232101088AmazonasMato Grosso do SulRoraimaMaranhãoPará010203040
Fonte: Conselho Indigenista Missionário (Cimi)

Ainda segundo os dados divulgados pelo Cimi, em todos os estados do país, foram 176 assassinatos de indígenas no ano. Dos 38 casos registrados no Amazonas, 12 das vítimas foram mulheres e 26 foram homens.

Jovem indígena assassinado em Manaus

 

Em 2021, o jovem aprendiz indígena Melquisedeque Santos do Vale, de 20 anos, foi morto após ser baleado na cabeça durante um assalto a ônibus, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

Melquesedeque Santos, de 20 anos, foi morto por assaltantes em Manaus. — Foto: Arquivo Pessoal

O menino era aprendiz de uma empresa na capital e foi morto enquanto voltava para casa, após um dia de trabalho, com uma cesta de natal para a família. O caso ganhou repercussão e a polícia, ainda em dezembro, conseguiu prender o primeiro suspeito.

A segunda prisão ocorreu no mesmo dia em que o crime completou três meses. O homem foi quem apontou a arma e ameaçou o motorista para mudar a rota no dia do crime. No dia seguinte, o terceiro suspeito foi preso.

G1AM