Amazonas Filarmônica divulga programação de concertos para 2022; veja

Amazonas Filarmônica e a Orquestra de Câmara do Amazonas divulgou a programação para a temporada de concertos de 2022. As apresentações começam em 4 de agosto e vão até o dia 30 de novembro.

As apresentações terão entrada gratuita no Teatro Amazonas e Teatro da Instalação. A recomendação é chegar 30 minutos antes do começo da apresentação.

Programação

 

4 de agosto, 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Luiz Fernando Malheiro, regente

  • Gustav Mahler – Sinfonia n.1 em ré maior “Titã” (1888)

 

13 de agosto, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Andrew J. Putnam/ Pianista Bernardo Scarambone

  • Leonard Bernstein – Abertura da ópera “Candide” (1956)
  • Aaron Copland – Appalachian Spring, suíte para orquestra (1944/1945)
  • George Gershwin – Rhapsody in Blue (1924) – ed. Tim Berens

 

16 de agosto, às 20h – Teatro Amazonas

 

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regente Marcelo de Jesus

  • “Noite Transfigurada” – Arnold Schönberg (1874-1951)
  • Noite Transfigurada Op.4 – Dmitri Shostakovitch (1906-1975)
  • Sinfonia de Câmara em dó menor Op.110a – (Arranjo: Rudolf Barshai)

 

18 de agosto, às 20h – Teatro Amazonas

 

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regente Marcelo de Jesus

  • Amazônia – (Rui Machado/Inaldo Medeiros)
  • Navegantes do folclore– (Rui Machado/J. Carlos Portilho)
  • Tempo de festa – (Rui Machado/J. Carlos Portilho)
  • Coração Caboclo – (Rui Machado/Inaldo Medeiros)
  • Amor primeiro – (Rui Machado/Mailzon Mendes/Alceo Anselmo)
  • Serpente de rio – (Rui Machado/Sidney Rezende)
  • Sonho de Amor – (Rui Machado/J. Carlos Portilho)
  • Vou te esperar – (Rui Machado/Mailzon Mendes/Alceo Anselmo) – interpr.: Mailzon Mendes
  • Fé – (Rui Machado/Inaldo Medeiros) – interpretação: David Assayag
  • Profunda Comunhão – (Rui Machado/Dudu Brasil) – participação: Dudu Brasil
  • Por um triz – (Rui Machado/Valdo Cavalcante)
  • Remando estrelas – (Rui Machado/Valdo Cavalcante) – interpretação: Valdo Cavalcante
  • Correnteza – (Rui Machado/Ramiro Hitotuzi) – interpretação: Lucilene Castro
  • Amor proibido – (Rui Machado/Sidney Rezende) – participação: David Assayag
  • Nada a declarar – (Rui Machado/Ruy Fernando)
  • Aurora da minha vida – (Rui Machado/Chico da Silva)
  • Armando Felicidade – (Rui Machado/Chico da Silva)
  • Encontrar Você – (Rui Machado/Sidney Rezende)

 

19 de agosto de 2022, às 19h – Teatro da Instalação

 

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regente Marcelo de Jesus

  • “Noite Transfigurada” – Arnold Schönberg (1874-1951)
  • Noite Transfigurada Op.4 – Dmitri Shostakovitch (1906-1975)
  • Sinfonia de Câmara em dó menor Op.110a (Arranjo: Rudolf Barshai)

 

25 de agosto, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Otávio Simões

  • Mikhail Glinka – Abertura da ópera “Ruslan & Lyudmila” (1842)
  • Nikolay Rimsky-Korsakov – Scheherazade, suíte sinfônica op.35 (1888)

 

31 de agosto, às 20h – Teatro Amazonas

 

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regente Marcelo de Jesus

  • “Contos de Alexandre Guerra” – Alexandre Guerra (1971)
  • Contemplação para cordas (estreia mundial)
  • Serenata para cordas em quatro movimentos

 

5 de setembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Luiz Fernando Malheiros

Solistas: David Assayag, Márcia Siqueira e Patrick Araújo

Membros da Orquesta de Violões do Amazonas

  • Concerto “NORTE”

 

7 de setembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Comemoração aos 200 anos da Independência do Brasil (evento do Ministério do Turismo)

Amazonas Filarmônica: Regente Luiz Fernando Malheiros /Coral do Amazonas/Dhijana Nobre, soprano; Thalita Azevedo, contralto; Wilken Silveira, tenor; Emanuel Conde, baixo

  • Francisco Manuel da Silva – Hino Nacional Brasileiro (1831)
  • Pedro de Alcântara (Dom Pedro I.) – Abertura para a Independência do Brasil (ca.1820)
  • Missa in honorem Leone Duodecimo (ca.1823)
  • Credo in unum Deum
  • Hino à Independência do Brasil (1822)

 

13 de setembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regente Marcelo Jesus

  • “OCA e Banda Bates” – Tributo a Linkin Park

 

21 de setembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

  • Jubileu de ouro da Rede Amazônica

 

22 de setembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica – Regente Marcelo de Jesus/Coral do Amazonas

Lucas Thomazinho, piano

  • Béla Bartók – Danças Folclóricas Romenas (1917)
  • Concerto para piano n.2 (1931)
  • O Mandarim Maravilhoso, balé op.19 (1924)

 

24 de setembro, às 19h – Teatro da Instalação

 

Orquestra de Câmara do Amazonas – Regência e direção musical Hillo Carriel

  • “Novíssima Música Brasileira para cordas”
  • Erika Luz (MT) – Movimento, para cordas e percussão (2006)
  • Jamberê Cerqueira (BA) – Retórica em Ré Dórico, prelúdio e fuga (2015)
  • Anderson Alves (RJ) – Rapsódia nº 1, para orquestra de cordas (2016)
  • Cibelle Donza (PA) – Das Plêiades (2022)
  • Renato Segati (PR) – Inácio, para viola solo, cello solo e orquestra de cordas (2012)
  • Elias Ferreira (AM) – Carapanã (2009)
  • Clarice Assad (RJ) – Três pequenas variações sobre o tema “A Maré Encheu” (2020)

 

29 de setembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Linus Lerner

  • Dmitri Shostakovich – Abertura Festiva, op.96 (1947)
  • Alexander Borodin – Danças Polovetsianas, da ópera “Príncipe Igor” (1887)
  • Dmitri Shostakovich – Sinfonia n. 5 em ré menor, op.47 (1937)

 

7 de outubro, às 20h – Teatro Amazonas

 

GLOMAM – Comemoração aos 150 anos da Maçonaria no Amazonas

Amazonas Filarmônica: Regente Hugo Pinheiro

Participação especial: Amanda Aparício, soprano

  • Francisco Manuel da Silva – Hino Nacional Brasileiro (1831)
  • Claudio Santoro – Hino do Amazonas (1980) – arr. Marcelo de Jesus
  • Hugo Pinheiro / João Bosco Rocha / Ericlênio Castro – Hino da Glomam (2020)
  • Georges Bizet – Prelúdio da ópera “Carmen” (1874)
  • Wolfgang Amadeus Mozart – Abertura da ópera “A Flauta Mágica”, K.620 (1791)
  • Wolfgang Amadeus Mozart – Serenata n.13 em sol maior “Eine kleine Nachtmusik”, K.525 (1787)
  • Giacomo Puccini – O mio babbino caro, da ópera “Gianni Schicchi” (1918)
  • Johannes Brahms – Dança Húngara n.5 em sol menor (1869)

 

13 de outubro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Hilo Carriel

Victor Amazonas Dias, violino

  • Wolfgang Amadeus Mozart – Abertura da ópera “Don Giovanni”, K.527 (1787)
  • Concerto para violino n.3 em sol maior, K.216 (1775)
  • Sinfonia n.8 em sol maior, op.88 (1889)

 

15 de outubro, às 19h – Teatro da Instalação

 

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regência e Direção Musical Bruno Nascimento

  • Francisco Mignone (1897-1986)
  • Miudinho (1931)
  • Yalil Guerra (1973)
  • “El retrato de la paloma” (2012)
  • Sinfonia Nº 5 para Cordas

 

20 de outubro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Marcelo de Jesus

Mulheres do Coral do Amazonas

  • Claude Debussy – Prélude à l’après-midi d’un faune (1894)
  • Jeux (1912)
  • Noturno n.3 “Sirènes” (1899)
  • La Mer (1903-1905)

 

27 de outubro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Luiz Fernando Malheiro

Ariel Sanches, violino

  • Pyotr Ilyich Tchaikovsky – Concerto para violino e orquestra em ré maior, op.35 (1878)
  • Sinfonia n.6 em si menor, op.74 “Patética” (1893)

 

29 de outubro, às 20h – Teatro Amazonas

 

“Orquestra de Câmara do Amazonas e Corpo de Dança do Amazonas” “Halloween”

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regente Marcelo de Jesus

  • Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791)
  • Transcrição de Peter Lichtenthal (1780-1853) – Requiem

 

3 de novembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Otávio Simões

Anna Samokish, violoncelo

  • Felix Mendelssohn – Mar calmo e viagem próspera, abertura op.27 (1828)
  • Camille Saint-Saëns – Concerto para violoncelo n.1 em lá menor, op.33 (1872)
  • Edward Elgar – Variações sobre um tema original, op.36

 

5 de novembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Dia da Cultura

Amazonas Filarmônica: Regentes Rui Carvalho e Otávio Simões

Márcia Siqueira, solista; Amazonas Band

Corpo de Dança do Amazonas

10 de novembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

(Vencedor do Concurso Rainha Elisabeth da Bélgica)

Amazonas Filarmônica: Regente Marcelo de Jesus

  • Richard Wagner – Prelúdio da ópera “Os Mestres Cantores de
  • Nuremberg” (1867) – Johannes Brahms
  • Concerto para piano n.1 em ré menor, op.15 (1858)
  • Jonathan Fournel, piano (França) vencedor do “Concurso Rainha Elisabeth” da Bélgica (2021)

 

11 de novembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

“Solistas da Amazonas Filarmônica”

Orquestra de Câmara do Amazonas: Regente Marcelo de Jesus

  • Johann Sebastian Bach (1685 – 1750) – Concerto para violino em mi maior BWV 1042. Solista: Ariel Sanches
  • Radamés Gnattali (1906-1988) – Serestas N°2 para flauta e cordas. Solista: Arley Raiol
  • Heitor Villa-Lobos (1887-1959) – Ciranda das sete notas W325. Solista: Alexandre Mourzitch
  • Claude Debussy (1862-1918) – Danças sacras e profanas para harpa e cordas L113: Solista: Diana Todorova
  • Aaron Copland (1900-1990) – Concerto para clarinete e cordas com harpa e piano. Solistas: André Loves (clarinete), Noemi Mello (harpa) e Irina Kazak (piano)
  • Claudio Santoro (1919-1989). Ponteio (arranjo: Otávio Simões); Solistas: Ariel Sanches, Arley Raiol, Alexandre Mourzitch, André Loves, Diana Todorova, Noemi Mello, Irina Kazak.

 

12 de novembro, às 20h – Teatro Amazonas/13 de novembro, às 19h – Teatro Amazonas

 

Encontro de Tenores do Brasil

Amazonas Filarmônica: Regente Luiz Fernando Malheiros

Leon de la Guardia, Richard Bauer, Carlos Eduardo Santos, Juremir Vieira, Miquéias William, tenores

14 de novembro, às 20h – Teatro Amazonas

Amazonas Filarmônica e Coral do Amazonas – 25 anos

Amazonas Filarmônica: Regente Luiz Fernando Malheiro

Coral do Amazonas

Emanuel Conde, baixo

  • Giuseppe Verdi

 

– Abertura da ópera “I Vespri Siciliani” (1855)

– Coro dos hebreus, da ópera “Nabucco” (1842)

– Abertura da ópera “La forza del destino” (1862)

– Marcha triunfal, da ópera “Aïda” (1871)

  • Richard Wagner

 

– Prelúdio da ópera “Os mestres cantores de

  • Nuremberg” (1867)

 

– Abertura da ópera “Tannhäuser (1845)

– Coro dos convidados, da ópera

  • “Tannhäuser” (1845)

 

– Final da ópera “Os mestres cantores de Nuremberg” (1867)

24, 25, 28, 29 e 30 de novembro, às 20h – Teatro Amazonas

 

Amazonas Filarmônica: Regente Luiz Fernando Malheiro

Mulheres do Coral do Amazonas

Corpo de Dança do Amazonas – coreografia: Mário Nascimento

  • Pyotr Ilyich Tchaikovsky – O Quebra-nozes, balé op.71 (1892)

 

26 de novembro, às 19h – Teatro da Instalação

 

“Ripper e Mehmari”

Orquestra da Câmara do Amazonas: Regente Marcelo de Jesus

  • André Mehmari (1977) – Quase uma suíte Ballo
  • João Guilherme Ripper (1959) – Concerto à cinco
  • Suíte para cordas

G1AM