Amazonino tenta se apropriar da duplicação da AM-070 concluída por Wilson Lima após quase 10 anos do início da obra

A obra esteve parada por anos só com promessas de que seria concluída e foi entregue em dezembro do ano passado pelo governador Wilson Lima.

Um vídeo publicados nas redes sociais do pré-candidato ao governo do Amazonas e ex-governador, Amazonino Mendes (Cidadania), afirma que ele é o responsável pela duplicação dos 78,1 km da AM-070 iniciada há quase 10 anos. Porém, a obra, que esteve parada por anos só com promessas de que seria concluída, foi entregue em dezembro do ano passado pelo governador Wilson Lima (UB).

 

A rodovia liga Manaus aos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão e é um importante corredor para o escoamento da produção rural. A obra foi iniciada em 29 de março de 2013, ainda no governo de Omar Aziz, e no início da gestão de Wilson Lima, em 2019 apresentava apenas 34 quilômetros construídos.

De maio a setembro de 2017, a rodovia recebeu frente de obras no governo interino de David Almeida e avançou 17 quilômetros. Porém, em março de 2018, com recursos na ordem de R$ 402 milhões nos cofres do Governo do Estado para dar continuidade da duplicação da estrada AM-070, a gestão de Amazonino Mendes (PDT) paralisou as obras no local desde quando tomou posse na gestão tampão.