Início Interagindo no Carnaval ANDRÉ VAZ É REELEITO PRESIDENTE DO SALGUEIRO

ANDRÉ VAZ É REELEITO PRESIDENTE DO SALGUEIRO

Chapa 1 recebeu 442 votos, chapa 2 teve 70 votos e 1 voto foi em branco. André Vaz já foi empossado para mais quatro anos à frente da Academia do Samba

Em eleição realizada neste domingo, na quadra, o Salgueiro reelegeu o empresário André Vaz para presidência da Academia do Samba. O mandato é de quatro anos. Foram 513 votantes no pleito. A chapa 1 recebeu 442 votos, chapa 2 teve 70 votos e 1 voto foi em branco. Após a apuração, André Vaz foi empossado presidente por Francisco Latorre, presidente do Conselho Deliberativo do Salgueiro. A chapa 2, de Thiago Carvalho, informou que entrou com uma liminar na Justiça, alegando irregularidades entre os integrantes da chapa 1. Porém, ela foi indeferida. A oposição promete seguir na batalha. Ao site CARNAVALESCO, o presidente André Vaz disse não temer nenhuma liminar. * VEJA AQUI FOTOS DA ELEIÇÃO

“De um total de 04 anos, tivemos , de fato, pouco mais de 02 anos para administrar uma escola com dívidas e muitos outros problemas. Nosso compromisso principal sempre foi a transparência nos atos é isso continuará. Agora teremos tempo de realizar os projetos que sempre estiveram em pauta é que, por conta dos percalços da pandemia e dos problemas financeiros, não puderam ser concluídos. A gente conta com o salgueirense para avançar e conquistar o título do Carnaval e também da responsabilidade social, independente de qualquer coisa, o Salgueiro está de portas abertas a quem quiser, de fato, contribuir para o crescimento da escola”, disse o reeleito presidente salgueirense.

Ao site CARNAVALESCO, o candidato Thiago Carvalho explicou a liminar da chapa 2. “Entramos com liminar na quarta-feira. A juíza do caso está de férias e o pedido foi indeferido, mas a batalha continua. As regras do estatuto precisam ser cumpridas. Um componente da chapa deles é diretor de harmonia de uma coirmã. O estatuto não permite que um dirigente de outra escola seja votada aqui. A gente sabe a importância de um diretor de harmonia. O jogo tem que ser justo. Nossa expectativa é que isso seja resolvido o mais rápido possível. Aguardar a Justiça e ser aclamado”, disse Thiago Carvalho.

Na apuração dos votos, o presidente do Conselho Deliberativo do Salgueiro, Francisco Latorre, agradeceu às duas chapas pela forma que se portaram até aqui neste processo eleitoral, no que chamou de “festa da democracia salgueirense”.

 

André Vaz chegou no Salgueiro no final da década de 1980. “Dali virou uma paixão muito grande pela escola. Todo ano desfilando, ajudando a ala montagem em 1995/1996 e no final dos anos 1990 me tornei presidente da ala paixão salgueirense. Fiz amizades, tive encontros marcantes, a paixão só aumentou. No começo dos anos 2000 já ajudava a diretoria da escola, participava de reuniões e de lá pra cá o laço André e Salgueiro só aumentou”.

Conheça as propostas de André Vaz para mais quatro anos no comando do Salgueiro

Equipe do Salgueiro para 2023
“A expectativa é a melhor possível. Já tínhamos um time forte, um time de segmentos fortíssimo. Trouxemos um carnavalesco que no nosso entender é um dos melhores do carnaval atual. Trouxemos um diretor de carnaval, o Julinho, que a gente acredita muito. A nossa diretoria está sempre dando estrutura para que eles possam, no desfile, exercer a melhor expectativa para que o Salgueiro venha muito bem na Avenida”.

Obras na quadra
“Em relação a nossa quadra a gente sempre projeta melhorias. Hoje estamos finalizando, se Deus quiser, daqui a uns 15, 20 dias, a obra no barracão, a qual tinha que acontecer e, consequentemente, daqui a pouco vamos fazer umas reformas na quadra, nos banheiros, piso do segundo andar, no corredor dos camarotes. Deixar a quadra cada dia que passa mais confortável pra que a gente possa levar artistas de nome e receber nosso público com tranquilidade nos camarotes, lá embaixo, receber convidados, patrocinadores. Esse é nosso objetivo; todo ano ter uma projeção pra quadra. Vamos dividir os investimentos entre quadra, barracão e a escola, para que a gente possa manter as contas equilibradas”.

Lado social
“Quando se fala de Salgueiro, consequentemente você fala do social. A ideia é sempre melhorar, oferecer projetos para que a comunidade desfrute. Já temos um centro médico hoje que atende mais de mil pessoas por mês. Junto com o social da vila olímpica trazer a comunidade para dentro da nossa vila olímpica, dentro da nossa quadra. Quando se fala de Salgueiro temos que lembrar onde tudo começou que foi no Morro do Salgueiro. Temos que fazer vários projetos no morro, projetos de dança, com os profissionais que a gente já tem e projetos de esporte também para que o Morro do Salgueiro seja beneficiado junto com a escola”.

Vila Olímpica do Salgueiro
“Foi o que a gente mais teve dificuldade na nossa gestão. A gente pegou uma vila olímpica interditada e conseguimos, no ano passado, fazer um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) e agora conseguimos, junto com o governo do estado a liberação de uma verba para que a gente possa reformar nossa vila olímpica. A partir daí alcançar coisas boas, trazer nossa comunidade, as crianças, a terceira idade. Então acho que a gente vai fazer uma gestão diferente na vila olímpica. Vão ter profissionais capacitados em cada setor para que a gente possa levar estrutura para essas crianças e para a terceira idade. E, também trazer parceiros porque com certeza você trabalhando bem o social, a vila olímpica, tem empresas que só investem no social. A expectativa é essa, fazer um trabalho diferenciado para que essas empresas possam viabilizar nosso projeto tanto de professores, de aulas, de tudo para que a comunidade seja beneficiada nesse projeto. Então o salgueirense pode esperar muita coisa boa na vila olímpica porque esse é nosso foco”.

Shows no Salgueiro
“Cada mês que passa procurar trazer grupos famosos, pessoas famosas para que possam abrilhantar nossa quadra junto com novos parceiros. Existem grupos aí que para você trazer, só com uma parceria, então, a gente trabalha nisso. Para que o Salgueiro sempre esteja com vários eventos grandiosos para que a gente possa trazer parceiros, outro público, para que eles venham conhecer a quadra do Salgueiro e apra que a gente possa estar transformando a nossa quadra em uma casa de show. Esse é o objetivo. Buscar sempre melhorias para que a gente possa trazer shows e parceiros que possam nos ajudar muito no nosso carnaval”.

ODIA