Apuí, no Amazonas, lidera ranking de focos de queimadas no país, aponta Inpe

Apuí, no interior do Amazonas, é o município que registrou o maior número de focos de queimadas no Brasil, segundo o monitoramento de focos ativos feito pelo Instituto Brasileiro de Pesquisas Espaciais (Inpe). O levantamento foi feito de janeiro até o dia 16 de agosto, em todo o país.

Durante o período, Apuí teve o registro de 1.254 focos de queimadas. O segundo município que mais teve focos localizados pelo Instituto foi Altamira, no Pará, com 844 registros. O terceiro é o município de Colniza, no Mato Grosso, com 751 focos.

Municípios que mais registraram focos de incêndio no Brasil em 2022
Dados de janeiro até 16 de agosto de 2022.
focos1.2541.254844844751751712712710710667667639639632632584584578578Apuí (Amazonas)Altamira (Pará)Colniza (Mato Grosso)São Félix do Xingu (Pará)Novo Progresso (Pará)Porto Velho (Rondônia)Novo Aripuanã (Amazonas)Itaituba (Pará)Formoso do Araguaia (Tocantins)Lagoa da Confusão (Tocantins)050010001500

Apenas no mês de agosto, o município já registrou 765 focos de incêndio. O número representa mais da metade dos focos localizados em Apuí durante todo o ano, segundo o levantamento feito pelo Inpe.

Entre os 10 municípios que mais registraram focos de incêndio em todo o país, além de Apuí liderar os dodos, o Amazonas também tem Novo Aripuanã como o sétimo município com maiores registros no Brasil até a data, com 639 focos.

Alto número de registros em agosto no AM

 

número de focos de queimadas registradas nos primeiros 15 dias de agosto, no Amazonas, já superam os dados de todos os outros meses de 2022, segundo o monitoramento de focos ativos feito pelo Inpe. Entre janeiro e a primeira quinzena de agosto, 3,8 mil focos já foram registrados.

De acordo com o levantamento feito pelo Inpe2.004 focos de queimadas foram registrados no estado nos quinze primeiros dias de agosto. O número superou os dados do mês de julho que, até então, era o mês do ano com o maior registro de focos, com 1.428.

Focos ativos de queimadas registradas até primeira quizena de agosto de 2022
Focos de queimadas registrados157157181815151515818182821.4281.4282.0042.004JaneiroFevereiroMarçoAbrilMaioJunhoJulhoAgosto05001000150020002500

Os dados divulgados pelo Inpe apontam ainda que os 2.004 focos de incêndio na primeira quinzena de agosto, no Amazonas, superaram os registros de todos os meses anteriores do ano. Entre janeiro e julho, foram 1.796 focos registrados.

G1AM