Boi Manaus 2022 recebe mais de 6 mil brincantes na primeira noite de comemoração do aniversário de Manaus

 

Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), abriu, nesta sexta-feira,  21/10, as comemorações do aniversário de 353 anos da capital amazonense, com o “Boi Manaus 2022”, que acontece até o dia 23/10, de forma gratuita, no Centro de Convenções de Manaus, o sambódromo, localizado na avenida Pedro Teixeira, nº 2.565, na zona Centro-Oeste. Um público rotativo de seis mil brincantes passou pela primeira noite de programação.

 

Nesta edição, com o tema “De Volta às Origens”, o evento retorna com os tradicionais trios elétricos, chamados de “Bois Elétricos”, que homenagearão os grandes ícones da toada: Klinger Araújo, Zezinho Corrêa e Arlindo Júnior. Serão mais de 24 horas de shows, com mais de 50 atrações distribuídas em três trios elétricos, com média de 16 atrações por noite. Cada apresentação no “Boi Elétrico” terá a duração de 50 minutos, com intervalo de 10 minutos cada.

 

Na primeira noite do evento, se apresentaram nos “Bois Elétricos” os intérpretes de toada, Nenê do Boi; Kuarup; Alcirio Neto; Felipe Júnior; Jardel Bentes; Wilson Nobre; Carlos Batata; Helen Veras; Canto da Mata; Jr. Paulain; Israel Paulain; Tony Medeiros; Edilson Santana; A Toada e o Boi Brilhante, que levantaram o público presente no sambódromo ao som do ritmo amazônico do “dois pra lá, dois pra cá”.

 

De acordo com o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, mais de dois mil profissionais estão envolvidos no esquema de operação do “Boi Manaus” envolvendo diversas secretarias municipais e órgãos do estado e explica que os três trios elétricos levam os nomes de três artistas locais.

 

“Essa noite é uma grande celebração para nossa gestão, o Boi Manaus volta ao seu formato original, com trios elétricos no sambódromo. Serão mais de 50 atrações em três noites de festa, 24 horas de eventos, onde também teremos espaço com artesanatos, 60 empreendedores da área de gastronomia local. Faremos uma belíssima homenagem aos grandes ícones da nossa cultura popular, Arlindo Jr, Klinger Araújo e Zezinho Corrêa”, declarou Oliveira.

 

A programação do “Boi Manaus” acontecerá sempre a partir das 19h até às 3h da manhã. As pessoas que quiserem brincar atrás dos trios elétricos, espaço delimitado pelos ‘cordeiros’, precisam estar usando a camiseta do evento, conhecida como “Tururi”, que também estão à venda de 12h às 00h, no Sambódromo, no valor de R$ 30, até o último dia evento.

 

“Primeiramente quero agradecer ao prefeito David Almeida que acreditou no projeto do retorno dos trios elétricos ao Sambódromo, e que deu origem a toda essa manifestação popular. Por orientação do próprio prefeito, liberamos o acesso do trajeto dos bois elétricos a todas as pessoas que possuem ou não o tururi. Já os que compraram turiri terão a vantagem de ter acesso exclusivo a concentração do evento e poderão tirar fotos com seu artista preferido”, explicou o diretor de eventos da Manauscult, Clemilton Pinto.

 

O intérprete de toada Jardel Bentes que se apresentou ao lado do cantor Wilson Nobre no “Boi Elétrico” fala da emoção em participar do “Boi Manaus”.

 

“É uma emoção incrível, né, poder cantar com um grande parceiro, o Wilson Nobre. Graças a Deus, montamos um show para cima após dois anos parado, mas a gente gosta muito da toada, e o ano inteiro a gente dar continuidade na toada, e o Boi Manaus é um marco dos artistas de Manaus, representando o boi-bumbá Garantido e Caprichoso e a gente sempre está trabalhando para esse povo receber essa alegria que é a nossa toada. E o nosso prefeito David Almeida não está medindo esforços com a Manauscult para trazer alegria para o povo”, frisou o artista.

 

O local conta também com área de exposição e venda de artesanatos, mais de 20 artesãos selecionados pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) e mais de 60 profissionais de gastronomia participam do evento.

 

A artesã Diane Souza, de Parintins, fala que a programação é uma oportunidade de ganhar uma renda extra com a venda de artesanato próprio da região amazônica. “É um prazer estar no Boi Manaus 2022, e é claro resgatando a nossa cultura, as nossas origens. Eu sou artesã de Parintins e vim mais uma vez no evento na cidade para prestigiar esse grande evento que está sendo realizado após a pandemia da Covid-19. Convido todos os amazonenses a fazer parte do nosso evento que termina somente no domingo”, comemorou.

 

A participação de crianças menores de 5 anos somente será permitida até às 22h, desde que estejam acompanhadas por seus pais, responsáveis legais ou parentes colaterais até 3° grau, mediante apresentação de documento hábil que comprove o parentesco.

 

Programação

 

Sábado, 22/10

 

19h – Kamauwrá / Wanderson Rodrigues

20h – Denis Martins / Luciano Araújo

21h – Kboclos / Cézar Pinheiro

22h – Mara Lima / Luanita Rangel

23h – David Assayag

00h – Marujada / Patrick Araújo / Paulinho Viana

01h – PA Chaves / Fabio Casagrande

02h – Boi Corre Campo

 

Domingo, 23/10

 

19h – Toada de Roda / Rei Azevedo

20h – Curumins da Baixa / Robson Jr.

21h – Márcia Siqueira / Márcia Novo

22h – Klinger Jr. / Fabiano Neves

23h – Prince do Caprichoso / Carlinhos do Boi

00h – Batucada / Sebastião Jr. / Leonardo Castelo

01h – Edmundo Oran / Arlindo Neto

02h – Boi Garanhão / Patrick Monteiro

 

Texto – Keize Pedrosa / Manauscult

Fotos – Antonio Pereira / Semcom