Início Interagindo no Esporte Botafogo volta a perder para o América-MG, dá adeus para a Copa...

Botafogo volta a perder para o América-MG, dá adeus para a Copa do Brasil e Luis Castro é xingado

Alvinegro saiu de campo derrotado tanto em Belo Horizonte quanto no Rio de Janeiro e deixa a competição de forma melancólica; treinador foi muito criticado pelos alvinegros no Nilton Santo

O Botafogo se despediu da Copa do Brasil, nas oitavas de final de competição, de forma melancólica. Depois de perder por 3 a 0 em Belo Horizonte, o Alvinegro voltou a sofrer revés para o Coelho, mas dessa vez em casa, no Nilton Santos, e por 2 a 0. Ou seja, no agregado, a equipe do técnico Luis Castro não fez nenhum gol e tomou cinco, o que fez os torcedores xingarem o treinador português nas arquibancadas.
O cenário já era quase impossível para o Botafogo reverter a situação e ficou ainda mais difícil no decorrer do primeiro tempo. Além da postura do time, que não foi ofensiva da maneira que os torcedores imaginavam, o técnico Luis Castro, mais uma vez, não conseguiu dar uma organização tática aos comandados.
Por outro lado, os atletas mostravam muita raça e disposição, o que não eram suficientes para o Botafogo. Tanto que, aos 21 minutos, o América-MG encaminhou a classificação às quartas da Copa do Brasil. O Coelho chegou tocando bem a bola, Henrique Almeida recebeu passe de calcanhar de Pedrinho e cruzou rasteiro para Felipe Azevedo apenas empurrar para o fundo das redes.
Para piorar de vez a situação do Botafogo, aos 24 minutos, Patrick de Paula, um dos melhores em campo no jogo, caiu no chão depois de sentir dores musculares e pediu para ser substituído. Antes de deixar o campo, o volante chorou e socou o chão inúmeras vezes.
Aos 38 minutos, Gatito salvou o que seria o segundo do América-MG. Após cruzamento de Patric, Lucas Kal cabeceou para mais uma ótima defesa do goleiro do Botafogo.
No segundo tempo, o Botafogo seguiu desorganizado e pouco apresentava em campo. Já o América-MG, sem pressão alguma, apenas jogava no contra-ataque. E a estratégia deu certo aos 16 minutos. Em contra-ataque avassalador do Coelho, Matheusinho disparou pela direita, se livrou da marcação e tocou para Pedrinho. O atacante chutou da entrada da área e venceu Gatito. O América-MG abriu 5 a 0 no agregado e fechou o caixão alvinegro.
Com o placar elástico de forma negativa, o Botafogo jogou a toalha e não demonstrava nenhuma vontade de tentar, ao menos, fazer o gol de honra. Nas arquibancadas, os torcedores revoltados, chamavam o time de “sem vergonha” e xingavam o técnico Luis Castro.
Aos 22, a situação quase ficou ainda mais feia. Após boa jogada pela direita, o cruzamento achou Aloísio, mas o atacante errou o voleio e mandou para fora. Depois disso, os dois times fizeram substituições e esfriaram um pouco o duelo, e os últimos minutos foram apenas para cumprir tabela e confirmar a eliminação do Botafogo na Copa do Brasil.
Além de cair na Copa do Brasil, o técnico Luis Castro se tornou o primeiro técnico a perder para o América-MG no Nilton Santos. A única derrota alvinegra para o Coelho como mandante foi em 1948, em General Severiano.
Sem a Copa do Brasil, o Brasileirão se torna a única competição do Alvinegro na temporada. E o próximo duelo do time na competição é no domingo, diante do Atlético-MG, no Nilton Santos, às 18h, pela 17ª rodada do Brasileirão.
ODIA