Careiro da Várzea, no AM, volta a tornar obrigatório uso de máscaras em escolas e unidades de saúde

O município de Careiro da Várzea, no interior do Amazonas, voltou a tornar obrigatório o uso de máscaras em escolas e unidades de saúde da cidade. A decisão está no Diário Oficial dos Municípios do Estado de terça-feira (12).

O Amazonas vive uma alta de casos de covid. Na terça, foram registrados quase mil casos da doença em todo o estado. Na segunda (11), a Prefeitura de Rio Preto da Eva, na Região Metropolitana de Manaus, tornou obrigatório o uso de máscaras em ambientes fechados, após o aumento no número de casos de Covid-19 no município.

Segundo o decreto assinado pelo prefeito de Careiro da Várzea, Pedro Guedes, a medida leva em consideração o aumento expressivo de casos de pessoas com síndrome gripal e positivas para a Covid-19 na cidade. Também foi considerado o aumento de pessoas afastadas do trabalho em decorrência das duas doenças.

Além do uso de máscaras, escolas e unidades de saúde também vão ter que disponibilizar álcool em gel para as pessoas.

Por fim, o prefeito fez uma recomendação aos bares, restaurantes e locais com eventos sociais, com circulação ou aglomeração de público, para que também disponibilizem álcool em gel, adotem o uso de máscaras, além de manterem o distanciamento social.

O decreto já está em vigor e segue valendo até o dia 12 de agosto, podendo ou não ser prorrogado.

G1AM