Ciro Nogueira admite que Bolsonaro vai perder no Nordeste

O ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, admitiu que o presidente Jair Bolsonaro não ganhará as eleições no Nordeste. Ele, no entanto, afirmou que apesar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu principal adversário nas urnas, ser forte na região, Bolsonaro vai conseguir reduzir a diferença de pontos do petista.

— O presidente Lula é muito forte no Nordeste, mas já foi mais. Tem índice hoje muito melhor que tinha o Haddad. Eu não tenho dúvida. Se eu disser para você que o Bolsonaro vai ganhar no Nordeste, não. Mas vai diminuir muito a diferença, Vocês vão tomar um susto do que vai acontecer. Ele vai perder em todas as capitais. O Lula vai perder em todas as capitais do Nordeste — disse o ministro em entrevista à Veja.

Pesquisa Datafolha divulgada em julho mostra que Lula tem 59% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro soma apenas 24%, consolidando uma distância de 35 pontos entre os dois. O presidente, no entanto, cresceu cinco pontos percentuais em relação ao levantamento de junho.

Como o GLOBO mostrou, o comitê de campanha de Bolsonaro criará núcleos regionais que se dedicarão especialmente às estratégias de atuação em áreas chaves para a tentativa de reeleição do presidente. Receberão as equipes de reforço, até o momento, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e o Nordeste.

Por enquanto, só há uma definição: o ex-ministro do Turismo, Gilson Machado, que atuará no núcleo responsável pelo Nordeste. Gilson é pré-candidato do PL ao Senado por Pernambuco, mas se dividirá com a tarefa de reunir lideranças nos estados, buscar aproximação com prefeitos e organizar viagens.

A equipe de Bolsonaro já havia reconhecido nos bastidores que é impossível uma virada na região, mas trabalha com o objetivo de diminuir a diferença.

EXTRA