Início Interagindo no Carnaval Com Grande Rio e novidades, Academia do Samba inicia nova temporada do...

Com Grande Rio e novidades, Academia do Samba inicia nova temporada do ‘Salgueiro Convida’

Intérprete Quinho não participou por estar em recuperação de um problema de saúde. ‘Estamos rezando muito para que ele possa se recuperar’, disse o presidente salgueirense

A Grande Rio, campeã do Grupo Especial do Rio no Carnaval 2022, inaugurou os trabalhos do já tradicional “Salgueiro Convida”, projeto da Academia que traz para as noites de sábado sempre a apresentação de uma co-irmã e da própria anfitriã na quadra localizada na Rua Silva Teles. Para esta temporada os shows começaram ainda mais caprichados nos figurinos, na coreografia e nos efeitos de luz. Duas plataformas foram colocadas em frente ao palco para que os passistas e cantores em determinado momento pudessem ficar ainda mais próximos do público. * VEJA AQUI O SHOW DA GRANDE RIO

O Salgueiro, como tradição, abriu a noite com seus sambas antológicos na voz de Emerson Dias e da equipe do carro de som, com a apresentação do time de passistas coreografados por Carlinhos, e a bateria furiosa dos mestres Guilherme e Gustavo. Entre as obras cantadas estavam clássicos como “Chica Xavier” e “Pega no Ganzá”, além dos mais recentes “Xangô”, “Malandro Batuqueiro” e “Resistência” do último carnaval, além de hinos campeões como “Peguei um Ita no Norte” e “Tambor”.

Antes da apresentação da Grande Rio, o presidente do Salgueiro André Vaz subiu ao palco para agradecer a comunidade e segmentos pelo trabalho realizado ao longo da última temporada e lembrou do intérprete Quinho que está afastado por motivos de saúde.

 

“Mais uma vez, começamos o nosso carnaval com o Salgueiro Convida. É uma honra participar desse evento com vocês. O nosso maior patrocinador é o público que vem aqui nas feijoadas, em todos os eventos, e que compra os produtos da escola. Ano passado o Salgueiro arrecadou R$ 3 milhões só em eventos e na boutique. Queria agradecer a todos os segmentos da escola, a nossa comunidade, a equipe que trabalha o ano todo, seguranças, bilheteria, boutique. Ao Quinho mando meu abraço, estamos rezando muito para que ele possa se recuperar”, disse o mandatário salgueirense.

 

Andre Vaz também deu as boas vindas a Grande Rio e cumprimentou o presidente da Tricolor de Caxias, Milton Perácio, presente ao evento, que também subiu ao palco.

“Falar da Grande Rio a gente fica até sem palavras. Conheço Perácio desde os anos 1990. Torço muito por você (disse à Perácio), torço muito pela vitória da Grande Rio. A Grande Rio foi campeã, mas com muita sobra, mereceu muito. Agradeço a todos os segmentos da Grande Rio e torcedores”, explicou André Vaz.

Em resposta, o presidente Milton Perácio agradeceu as boas vindas e fez questão de rasgar elogios ao evento e ao tratamento que o Salgueiro dá às coirmãs.

“A emoção é muito grande e vocês sabem disso. Eu gosto, eu amo vir aqui no Salgueiro e a Grande Rio gosta de vir aqui no Salgueiro pelo tratamento, pelo carinho a nossa escola e a todas as coirmãs”.

Na apresentação da Grande Rio comandada pelo carro de som de Evandro Malandro, com a participação de Emerson Dias, e a bateria de mestre Fafá, a escola trouxe obviamente o samba campeão de 2022 “Fala Majeté!As setes chaves de Exú” , mas passeou por obras dos anos 1990 como “No mundo da lua” e “Prestes, o cavaleiro da esperança”, além disso, cantou “Gentileza X – o profeta do fogo” e “Ivete, do rio ao Rio”, lembrando de obras que ficaram em segundo lugar e quase foram campeões como “Amazonas, o Eldorado é aqui”, “Duque de Caxias, o caminho do progresso, o retrato do Brasil” e “Tatá Londirá” .

CARNAVALESCO