Dia Mundial da Limpeza Urbana em Manaus estimula necessidade de conscientização

Neste sábado, 27/8, é o Dia Mundial da Limpeza Urbana. A data foi criada como incentivo à limpeza do ambiente público e para despertar a reflexão nos cidadãos pela conservação e limpeza das cidades. Em vários lugares do mundo, pessoas se reúnem para limpar praças, monumentos e limpar o lixo deixado nas praias. Em Manaus, segundo dados da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), pasta da Prefeitura de Manaus responsável pela limpeza urbana na cidade, no primeiro semestre deste ano foram recolhidas 429,8 mil toneladas de lixo.

De acordo com o secretário da Semulsp, Altervi Moreira, os serviços de limpeza na cidade englobam os domiciliares, originários de atividades domésticas em residências urbanas, e os resíduos de limpeza urbana, originários da varrição, limpeza de logradouros e vias públicas e outros serviços de limpeza urbana.

“Este dia é muito importante para a prefeitura, mas também para Manaus. Nós devemos estar cada vez mais conscientes que devemos cuidar da nossa cidade e deixar ela mais limpa e colorida, conforme determina o prefeito David Almeida”, ressaltou o secretário.

Para Moreira, apesar da Semulsp atuar todos os dias em várias frentes de trabalho, como em igarapés, na capinação, na pintura de meio-fio e de mosaico, na varrição e na coleta, ele acha mais importante neste dia a conscientização da população. “É no descarte correto dos resíduos sólidos, é colocando o seu resíduo no lugar devido e não jogar nos igarapés, este é o nosso apelo, que a população participe e isso vai ajudar a cuidar do meio ambiente, aumentando o tempo de vida útil do aterro e diminuindo os custos da prefeitura com limpeza”, salientou.

Lavador de praças e parques, Márcio Valentim conta que sente orgulho em deixar Manaus mais limpa. Ele alertou para a necessidade da conscientização da população. “Um pequeno gesto de guardar um papel ou alguma embalagem de bala até chegar à lixeira mais próxima, ajuda não só nós, mas também o meio ambiente e deixa a cidade mais limpa”, orientou.

Descarte correto

Para estimular a população a dar o direcionamento correto para o lixo, Manaus conta com o serviço de Coleta Agendada, por meio do qual a população pode agendar a retirada de casa de itens de grande porte sem utilidade, como geladeira, sofás e fogão. É necessário enviar um Whatsapp para (92)98415-9563 ou (92)98459-5618, no horário de 8h às 16h, informando os dados, quais objetos deseja descartar e aguardar o agendamento.

O serviço de Coleta Agendada, via celular, também recolhe eletrodomésticos sem utilidade, como aspirador de pó, batedeira, ferro elétrico, liquidificador, máquina de costura, micro-ondas, purificador de água e televisão.

Esses materiais são levados para a Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos, que funciona em uma parceria da prefeitura com a Associação de Catadores de Recicláveis do Amazonas (Ascarman), no bairro Santa Etelvina, zona Norte.

Além disso, a prefeitura conta com 37 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) nos principais supermercados da cidade para o recolhimento do lixo reciclável, fazendo com que o lixo descartado seja fonte de renda para quem precisa.

A Semulsp, por meio da Comissão Especial de Divulgação da Política de Limpeza Pública (Cedolp), realiza campanhas e ações de conscientização em todos os bairros da cidade, porta a porta, e por meio de redes sociais e ampla mídia. A secretaria também conta com o grupo “Garis da Alegria”, que colabora com a campanha, inclusive, com ações nas escolas municipais e estaduais.

Dados gerais

Essas 429,896 toneladas recolhidas no primeiro semestre deste ano, fazem parte da coleta domiciliar, remoção mecânica, remoção manual, coleta de poda, coleta seletiva, sendo PEVs, Centro e Coleta Agendada, além de rejeitos da coleta agendada de grandes objetivos, todos serviços oferecidos pela secretaria.

O extenso trabalho, é ressaltado frequentemente pelo prefeito David Almeida, em visitas às ações de limpeza, que destaca que são gastos R$ 30 milhões por mês com a limpeza pública, valor esse que, se fosse reduzido, em decorrência da quantidade menor de lixos nas ruas de Manaus, poderia ser investido em outras áreas da gestão.

Faça sua parte

Segundo o secretário da Semulsp, a cidade está limpa porque muito lixo está sendo retirado das ruas e igarapés da cidade, mas isso não torna o trabalho fácil, porque a prefeitura tem trabalhado incansavelmente para deixar tudo limpo. “Na tarefa de preservar o ambiente da cidade, o poder público e a população devem trabalhar em conjunto. Por isso, além de cobrar dos governantes a coleta de lixo regular e ações para o tratamento e gestão de resíduos sólidos, a população também precisa se conscientizar e não jogar lixo na rua, e mesmo repensar como anda a geração de lixo em casa”, disse.

Texto – Rebeca Mota/ Semulsp

Fotos – João Viana/ Semcom