Eleito no AM com mais de 1 milhão de votos, Wilson Lima afirma que fará ‘governo técnico’

Jornalista foi eleito governador do Amazonas e assume, em janeiro de 2019, primeiro cargo político. Primeiras ações de gestão devem ser nas áreas de segurança, saúde e educação, segundo ele.

Em tom de agradecimento, o novo governador eleito em segundo turno no Amazonas, Wilson Lima (PSC), se pronunciou pela primeira vez neste domingo (28), logo após o anúncio da vitória. Durante coletiva de imprensa, o candidato disse que irá montar um “governo técnico”. Lima foi considerado eleito com 87,49% das urnas apuradas.

Acompanhado do vice Carlos Almeida e de sua esposa, Wilson Lima chegou na sede do PSC, na Zona Centro-Sul de Manaus, por volta das 18h45. Ele iniciou o discurso ressaltando a escolha da população amazonense.

“O que está acontecendo no estado do Amazonas é diferente de tudo que a gente já viu. Nós não chegamos aqui com a ajuda de nenhuma máquina estatal (…) O que a gente está vendo aqui é algo inédito, porque nós chegamos aqui com a vontade do cidadão e essa vontade é soberana e tem que ser respeitada”, disse.

Lima comentou ainda sobre as críticas recebidas por disputar sua primeira eleição. Ele afirma que irá basear seu governo em gestões de outras cidades.

“A nossa composição foi uma composição muito pequena, com gente que estava seriamente comprometida em fazer as mudanças que o estado do Amazonas precisa. E isso nos dá garantia de montarmos um governo técnico, com as melhores ‘cabeças’ do estado do Amazonas, buscando referência no país de outros sistemas e outras ações que têm dado certo, principalmente na iniciativa privada”, comentou.

Wilson Lima assume o cargo de governador do Amazonas em janeiro de 2019. Ele enfatizou que possui metas já para o primeiro mês de governo.

“A gente está agora em um processo de agradecimento. Daqui a pouco eu vou reunir a equipe, amanhã eu vou agradecer as pessoas. A gente vai montar nossa equipe de transição e aí começar a montar o nosso governo. As prioridades nossas são melhorar a segurança, saúde, educação e gerar emprego e renda”, afirmou.

Questionado sobre nomes que possam ocupar as secretarias, Lima diz que as indicações fazem parte de um “segundo momento”.

“Há muito tempo que eu estou conversando com gente que está comprometida com essas mudanças, com técnicos e com pessoas que tem ideias para fazer com que o Amazonas realmente avance (…) Daqui a pouco eu vou reunir com a equipe, mas a garantia que a gente dá é que o nosso secretariado vai ser montado por gente qualificada, gente técnica para desenvolver as determinadas pastas, os determinados seguimentos”, finalizou.

Wilson Lima foi eleito em segundo turno com 58,52% dos votos, número registrado com 99,89% das urnas apuradas no estado. O segundo colocado, que concorria à reeleição, finalizou com 41,48%.

Assim como no primeiro turno, ocorrido no domingo (7), Lima também teve a preferência dos votos. Na ocasião, ele recebeu mais de 33% dos votos, enquanto o oponente obteve pouco mais de 32%.

Fonte: G1 AM