Elon Musk reativa conta de Trump no Twitter após enquete com usuários

O bilionário Elon Musk, novo dono do Twitter, reativou neste sábado (19) o perfil do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump na rede social.

A decisão foi tomada após uma enquete feita com usuários do Twitter e ocorre num momento em que o bilionário se vê no centro de uma crise, com demissões em massa e temores de que a rede possa entrar em colapso por falta de equipes. No Brasil, usuários passaram a abrir contas na rede indiana Koo como um plano B caso o Twitter pare de funcionar.

“O povo falou. Trump vai ser reintegrado”, postou Musk ao anunciar o resultado da enquete, na qual 51,8% dos usuários responderam que concordariam com o retorno de Trump. “Voz do povo, voz de Deus”, complementou.

O bilionário sempre foi considerado um aliado por apoiadores do ex-presidente americano, e a compra do Twitter por US$ 44 bilhões, concretizada no fim de outubro, representava uma esperança de que Trump pudesse voltar.

Até a última atualização desta reportagem, Trump não havia postado em seu perfil. A última mensagem publicada é de 8 de janeiro de 2021.

Banido

Trump foi banido do Twitter em janeiro de 2021 após incitar seus apoiadores a invadir o Capitólio, sede do Congresso americano. O ataque terminou com 5 mortos.

Naquele momento, o Twitter não pertencia a Elon Musk e tinha outra administração.

Além do Twitter, o Facebook e o YouTube também baniram Trump, que então decidiu abrir a sua própria rede, chamada Truth Social.

O ex-presidente dos EUA Donald Trump e o bilionário Elon Musk, dono do Twitter — Foto: Reprodução

O ex-presidente dos EUA Donald Trump e o bilionário Elon Musk, dono do Twitter — Foto: Reprodução