Em conversa sobre namoro, menina de 12 anos revela à mãe ter sofrido estupro, em Manaus

Um homem de 45 anos foi preso, em Manaus, na terça-feira (13), por suspeita de estupro de vulnerável. O caso chegou à polícia após a vítima, uma menina de 12 anos, revelar o abuso sexual à mãe, durante uma conversa sobre namoro. Segundo a adolescente, o crime aconteceu quando ela tinha entre 7 e 8 anos de idade.

O suspeito foi preso no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. Nesta quarta-feira (14), a delegada da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Coelho, afirmou que a mãe da vítima denunciou o crime em janeiro deste ano.

A mãe descobriu o abuso durante uma conversa sobre namoro na adolescência com a filha.

À Polícia Civil, a menina relatou que o homem, que era um amigo da família e morava em um quarto nos fundos da casa da avó a adolescente, teria abusado dela duas vezes.

“Ele atraía a criança até esse quarto onde ele morava para cometer a violência sexual. Diante deste relato, foi instaurado o inquérito policial e considerando a gravidade comprovada, tanto em depoimento da vítima, como em exames periciais, e também pela proximidade desse autor, que tinha contato com a família, representamos pela prisão preventiva dele”, disse a delegada.

No quarto onde o homem morava, a Polícia Civil encontrou peças íntimas de crianças e adultos. A delegada informou que a vítima reconheceu uma das peças no material que foi apresentado na delegacia.

Após a denúncia, a Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o caso e a Justiça do Amazonas expediu um mandado de prisão preventiva em nome do homem em maio deste ano. No entanto, ele foi considerado foragido.

A polícia teve informações de que ele estaria no interior do estado. Na tarde de terça-feira (13), uma denúncia anônima indicou que ele tinha sido visto no Santa Etelvina, bairro onde o crime teria acontecido.

Após buscas, o suspeito foi encontrado e preso.

Durante o interrogatório, o homem não respondeu a nenhum dos questionamentos. Ele será denunciado por estupro de vulnerável. A polícia segue investigando o suspeito.

G1AM