Em meio a racha interno, Psol confirma candidatura do indígena Israel Tuyuka ao governo do Amazonas

A candidatura do indígena Israel Tuyuka ao governo do Amazonas foi confirmada, nesta quinta-feira (4), durante convenção no Centro de Manaus. A sigla informou que o nome do candidato a vice na chapa deverá ser anunciada até esta sexta-feira (5).

Professor e médico, Israel teve a candidatura oficializada em meio a um racha interno no diretório estadual da legenda.

O Psol terá o apoio da Rede Sustentabilidade. A chapa formada pelas duas siglas oficializou o nome da oficial de justiça Marília Freire como candidata ao Senado, 13 candidatos a deputado federal e 25 nomes para concorrer a uma vaga para a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

“Eu sou indígena, professor e médico. Então, três questões são fundamentais para mim: a Amazônia, a educação e a saúde. Eu sei de todos os desafios da nossa região, sei como funciona a saúde pública no nosso estado , e já fui professor da Seduc [Secretaria de Esporte e Deporto do Amazonas] durante 15 anos. Então eu prezo por uma educação de qualidade.”, afirmou o candidato durante a convenção.

 

Perfil

 

Nascido em São Gabriel da Cachoeira, no interior do Amazonas, Israel Tuyuka possui mestrado em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo (USP), Ciências Sociais, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) e graduação em Medicina pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Israel já foi candidato a vice-prefeito pelo Partido dos Trabalhos (PT) no município onde nasceu. Após um período longe da política partidária, o médico e professor se filiou ao Psol em abril desde ano.

G1AM