Evo Morales tem celular roubado em ato de campanha e polícia boliviana inicia operação de busca

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales teve seu telefone celular roubado durante um evento de campanha política na cidade de La Guardia, no domingo (29).

Um aliado de Evo, Rufino Alcalde, fazia campanha para a prefeitura da cidade, e o ex-presidente foi dar o seu apoio.

Segundo o jornal “El Deber”, Evo estava com agentes de segurança, mas isso não foi o suficiente para impedir o roubo.

Um comandante de polícia deu ordem para que os agentes fizessem uma operação para encontrar o celular de Evo.

De acordo com o jornal, teme-se que a pessoa que pegou o celular tenha acesso às conversas de Evo, que talvez não tenha segurança suficiente. Até a publicação deste texto, não havia atualização sobre o resultado das buscas pelo celular.

Na Bolívia, Justiça anulou a ordem de prisão contra o ex-presidente Evo Morales
G1