Família pede ajuda para tratamento de jovem internada após ser jogada de ponte em Manaus

A família da jovem Alexia Pedroso, de 20 anos, que foi jogada de uma ponte na Avenida 7 de setembro, em Manaus, está pedindo ajuda no tratamento dela. Ela está internada no Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto em estado grave.

O crime ocorreu no dia 21. Segundo a Polícia, após o ocorrido, o namorado dela foi ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e disse que a jovem havia tentado cometer suicídio na ponte.

Segundo a família, a jovem teve múltiplas fraturas. Para custear o tratamento dela, familiares e amigos estão organizando ações para arrecadar recursos.

“Nós vamos promover algumas ações em prol da Alexia para ajudar nesse tratamento dela. Ela está fazendo uma série de exames e nós cremos que ela vai sair dessa. É só entrar em contato pelo telefone 99229-1370”, disse o pai, Alexandre Pedroso.

À Rede Amazônica, ele disse que a filha está sendo monitorada e deve passar uma série de cirurgias para reverter o quadro de saúde.

“O médico disse que ela vai precisar de uma cirurgia no quadril, na coluna e deve colocar entre dois e três parafusos. Só que quem vai falar melhor isso pra gente é o ortopedista. Além disso, ela também vai precisar fazer procedimento na costela e no tórax porque, como era muito alto, isso prejudicou muito a saúde dela”, finalizou.

A motivação do crime não foi esclarecida pela autoridades. O suspeito foi autuado por tentativa de feminicídio e está à disposição da Justiça.