Início Interagindo no Esporte Gol contra proposital levanta suspeitas na Série B do Amazonas

Gol contra proposital levanta suspeitas na Série B do Amazonas

O meia Júlio Campos chutou contra o próprio gol, sem marcação e com o time perdendo por 3 a 1, aos 44 minutos do segundo tempo

O jogo entre Atlético-AM e Sul América, no último domingo (4), pela Série B do Campeonato Amazonense, será investigado pelas autoridades por causa de um gol contra proposital, marcado pelo meia Júlio Campos. Aos 44 minutos do segundo tempo, o jogador do Atlético, que perdia por 3 a 1, recebeu a bola na entrada de sua área, se virou e chutou para o gol. O goleiro e seus companheiros não esboçaram reação.

No vídeo que viralizou nas redes sociais, uma pessoa que não foi identificada, critica o presidente do clube, Henrique Barbosa, afirmando que o fato era algo feio. O Atlético-AM emitiu uma nota afirmando que vai apurar os fatos e informando que o jogador que fez o gol contra foi desligado do clube.

“O Atlético Amazonense vem a público informar que não compactua com atitudes antidesportiva, abriremos procedimento interno para averiguar os fatos no jogo diante do Sul América, os envolvidos já foram desligados do clube. Somos a favor do jogo limpo e responsável, não admitiremos nada que seja contrário a isso”.

A Federação Amazonense de Futebol (FAF), através do presidente Pedro Augusto, se manifestou sobre o ocorrido, afirmando que vai denunciar o clube e o jogador ao Tribunal de Justiça Desportiva e à Polícia Civil.

“Nesse caso aí a federação está comunicando ao TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) sobre o fato, denunciando o jogador. Se ele vai ter culpa isolada, com outros jogadores ou o clube em si. Vamos comunicar a Polícia Civil. A delegacia de defraudações, pra saber se há possibilidades de ouvir e investigar isso também. Porque o futebol é um patrimônio imaterial”, afirmou Pedro Augusto.

A FAF vai abrir um processo administrativo contra o Atlético-AM que corre o risco de ser desfiliado.

ODIA