Império Serrano! Elevador vai botar casal na altura do júri da Sapucaí

O Império Serrano parece preparar um desfile marcado pela ousadia no ano que vem. Após escolher a música “O que é, o que é?”, de Gonzaguinha, como samba-enredo, a verde e branco do Morro da Serrinha vai inovar também na apresentação do casal de mestre-sala e porta-bandeira. Segundo nota publicada nesta terça-feira, 14, na coluna de Ancelmo Gois, do Jornal O Globo, o casal de mestre-sala e porta-bandeira da escola irá se apresentar em uma espécie de elevador.

A ideia, ainda de acordo com a publicação, é de que Verônica Lima e Diogo Jesus façam a evolução na altura do camarote da comissão julgadora.

Ideia é do carnavalesco Paulo Menezes, que voltou ao Império Serrano após 12 anos – Foto: Divulgação

Inovação polêmica

Um dos quesitos mais tradicionais do Carnaval, é muito raro ver alguma inovação na apresentação de mestre-sala e porta-bandeira. A última, em 2014, foi proposta pela Beija-Flor de Nilópolis e não agradou nenhum pouco aos julgadores. Selminha Sorriso e Claudinho se exibiram dentro da comissão de frente de Marcelo Misailidis e não levaram boas notas. O público, no entanto, ficou dividido e muita gente curtiu a ideia.

Em 2011, casal da Beija-Flor veio dentro da comissão de frente. Júri não gostou muito – Foto: Marco Antonio Cavalcante/Riotur

O experiente casal levou dois 10, um 9,9 e um 9,7. A escola da Baixada Fluminense acabou ficando de fora do Desfile das Campeãs.

Em 2016, a Grande Rio colocou o casal em uma carruagem, porém, durante a apresentação para os jurados, eles desciam da pequena alegoria. Verônica Lima e Daniel Werneck, a dupla da época, garantiram todas as notas máximas.

Fonte: Sambarazzo