Inscrições de edital que seleciona propostas para uso de espaços culturais do AM são prorrogadas

Propostas podem ser enviadas pelos interessados até 29 de julho.

Foram prorrogadas as inscrições do edital que seleciona propostas para uso dos espaços culturais no Amazonas. Agora, artistas, grupos e companhias que pretendem realizar atividades nos equipamentos culturais do Estado, administrados pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), têm ate o dia 29 de julho para inscreverem as propostas.

O edital de Chamamento Público selecionará as pautas para difusão cultural no período de setembro a dezembro de 2019. As inscrições foram prorrogadas até o dia 29 de julho. Os interessados podem consultar o edital completo na aba “Editais” do Portal da Cultura.

As propostas dos projetos devem ser entregues na sede da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), localizada na rua Rio Purus, 103, conjunto Vieiralves, na Zona Centro-Sul da capital.

Além disso, pode ser enviado pessoalmente ou via correio, em envelope lacrado, no setor de Protocolo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. No envelope deve constar o nome do proponente e título da proposta.

 Casa das Artes — Foto: Divulgação

Casa das Artes — Foto: Divulgação

Podem participar do edital atividades artísticas os seguintes segmentos:

  • Artes Cênicas;
  • Artes Visuais;
  • Audiovisual;
  • Música;
  • Culturas Populares;
  • Ideias e suas transversalidades;
  • Cultura Afrodescendente e Indígenas.

Espaços

Os equipamentos culturais disponibilizados para realização de ações com ou sem bilheteria são:

  • Centro Cultural dos Povos da Amazônia;
  • Centro Cultural Palácio da Justiça;
  • Centro Cultural Palácio Rio Negro;
  • Centro Cultural Usina Chaminé;
  • Palacete Provincial;
  • Cineteatro Aldemar Bonates;
  • Cineteatro Padre Pedro Vignola;
  • Cineteatro Comandante Ventura;
  • Cineteatro Guarany;
  • Teatro Gebes Medeiros;
  • Teatro da Instalação;
  • Teatro Amazonas;
  • Galeria do Largo;
  • Biblioteca Pública e unidades;
  • Casa das Artes;
  • Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro/Sambódromo;
  • Museu Casa Eduardo Ribeiro e Museu do Homem do Norte.

Já os equipamentos disponíveis para ações sem cobrança de bilheteria são: Largo de São Sebastião, os parques Senador Jefferson Péres e Rio Negro; e as praças Antônio Bittencourt e Heliodoro Balbi.

Inscrições e seleção

Podem participar deste Credenciamento Público pessoas físicas maiores de 18 anos, e pessoas jurídicas com ou sem fins lucrativos.

Os documentos necessários são o formulário de inscrição (em anexo no edital), apresentação detalhada da atividade artística, programação prevista e cronograma detalhados, ficha técnica completa, currículo ou portfólio com documentos que comprovem a atividade do artista, grupo ou empresa; rider técnico, roteiro de informações para divulgação e documentação complementar obrigatória (que pode ser conferida no edital).

A Comissão Avaliadora prevista no edital será composta por cinco membros, sendo 1 (um) presidente e 4 (quatro) membros, todos do quadro de funcionários da AADC, designados pela própria agência, por meio de portaria a ser publicada no site.

O processo de seleção será realizado em duas fases: análise documental e técnica.

Os critérios avaliados serão excelência artística do projeto; qualificação dos profissionais envolvidos; planejamento e adequação das ações e da programação ao espaço; e conformidade com os objetivos do edital.

Fonte: G1