Inspirada na Copa do Mundo, maternidade do AM faz ensaio fotográfico com bebês prematuros

Inspirado na Copa do Mundo 2022, o Instituto da Mulher Dona Lindu, em Manaus, realizou um ensaio fotográfico com recém-nascidos, na sexta-feira (14), com o tema “Fábrica de Craques da Vida”. Segundo a maternidade, a ação faz parte da campanha “Novembro Roxo” e busca chamar a atenção para cuidados com bebês prematurosVeja fotos.

O “Novembro Roxo” tem o objetivo de alertar sobre o crescente número de partos prematuros e abordar a importância da prevenção e do cuidado.

Recém-nascido participa de ensaio fotográfico com as cores da Seleção Brasileira. — Foto: Antônio Lima/ Secom.

Durante a sessão fotográfica os bebês foram fotografados caracterizados com roupas e acessórios nas cores da Seleção Brasileira. Participaram da sessão de fotos recém-nascidos internados nas unidades neonatais da maternidade.

De acordo com a gerente de enfermagem do Instituto Dona Lindu, Gracimar Ferury, além das fotos dos recém-nascidos, a unidade preparou uma programação com diversas atividades para os pais e profissionais de saúde que atuam nas unidades de terapias intensivas neonatais (UTIN).

Ensaio fotográfico de prematuros com tema da Copa do Mundo  — Foto: Antônio Lima/Secom

“Eles são craques da vida, e o instituto está mobilizando a mãe, o pai, a família para fazerem-se presente com o tema, que é garantir o contato pele a pele, a partir do nascimento dessa criança. A prematuridade conta com uma equipe multidisciplinar do Instituto da Mulher”, ressaltou.

Ensaio fotográfico de prematuros com tema da Copa do Mundo — Foto: Antônio Lima/Secom

A dona de casa Ketlen Lima, de 27 anos, mãe das gêmeas Kemberlly e Kiberlly Lima, explicou que o dia do nascimento das filhas foi um dos momentos mais difíceis e mais felizes da sua vida. Ela teve de enfrentar uma batalha pela vida das crianças que nasceram prematuras – condição que se caracteriza pelo parto antes das 37 semanas de gestação.

“Quando me levaram para a sala de cirurgia, foi um momento muito difícil, eu ia morrendo, tive que retirar o meu útero, fiquei com muito medo de deixar as minhas filhas só. Mas, felizmente, eu estou com elas e sou muito grata. Toda a equipe me acolheu muito bem, desde os médicos, até as enfermeiras. Até hoje elas estão aqui nos dando todo o suporte”, lembrou.

 

Mãe de gêmeas posa para foto.  — Foto: Antônio Lima/Secom.

O ensaio fotográfico contou com a autorização prévia dos pais, que também participaram da sessão de fotos.

Ensaio fotográfico de recém-nascidos com tema da Copa do Mundo — Foto: Antônio Lima/Secom

Cuidados

 

Gracimar destacou que este mês é dedicado às ações de prevenção, debate de melhorias do pré-natal e do parto, a fim de diminuir a prematuridade. Entretanto, quando a prematuridade ocorre, a criança e a família precisam ser acolhidas.

“Precisamos empoderar essas mulheres a conhecerem o seu corpo e garantirem que no momento da chegada desse bebê, não seja uma criança prematura. Mas, contamos com profissionais capacitados e cheios de amor, para estarem ao lado dessas famílias em casos da chegada dos prematuros. Essa família vai aprender a organizar a sua vida”, disse.

Principais causas do parto prematuro:

 

  • Hipertensão crônica;
  • Pré-eclâmpsia (complicação da gravidez);
  • Síndrome de Hellp (complicação obstétrica de difícil diagnóstico);
  • Descolamento prematuro da placenta;
  • Placenta prévia;
  • Infecções e malformações uterinas;
  • Gestação múltipla;
  • Fertilização in vitro.

 

O que evitar?

 

  • Fumar;
  • Ingerir bebidas alcoólicas;
  • Consumo de medicamentos sem prescrição médica;
  • Exercícios físicos de altíssimo impacto e sem acompanhamento de um profissional;
  • Pressão arterial alterada;

G1AM