Ipec: Metade do eleitorado diz não votar em Bolsonaro de jeito nenhum; Lula é rejeitado por 35%

Pesquisa Ipec (ex-Ibope) divulgada nesta segunda-feira (12), encomendada pela Globo, aponta que metade do eleitorado brasileiro (50%) diz não votar no presidente Jair Bolsonaro de jeito nenhumOs que rejeitam Lula (PT) são 35%.

Em relação à pesquisa passada, divulgada em 5 de setembro, Bolsonaro cresceu um ponto e Lula caiu um ponto, ambos dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Desde a primeira pesquisa da série, de 15 de agosto, Bolsonaro aparece com um crescimento na rejeição acima da margem de erro — passou de 46% para 50%. Já o petista oscilou para cima — foi de 33% para 35%.

Veja outros dado da pesquisa:

Bolsonaro é mais rejeitado entre moradores do Nordeste (61%), eleitores sem religião ou que não são católicas ou evangélicas (57%), pessoas em que alguém do domicílio recebe benefícios do governo federal (56%) e moradores da capital e da periferia (54% em ambos).

Já Lula vai pior entre pessoas com renda familiar com renda acima de cinco salários mínimos (51%), evangélicos (51%), moradores da região Sul (46%) e pessoas com ensino superior (42%).

A pesquisa divulgada nesta segunda também apontou que o ex-presidente Lula está na frente no primeiro turno, com 44% dos votos, contra 31% de Bolsonaro. No segundo turno, o ex-presidente tem 53% contra 36% do candidato do PL.

Ciro Gomes (PDT), que está na terceira colocação na pesquisa estimulada de primeiro turno, tem 17% de rejeição. Já Simone Tebet (MDB), que aparece em 4º lugar, tem 7% de rejeição.

Pablo Marçal (Pros), que teve a candidatura negada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não foi considerado no levantamento.

A pesquisa ouviu 2.512 pessoas entre 9 e 11 de setembro em 158 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR-01390/2022.

G1