Início Famosos Juliana Paes é acusada de demitir funcionária com depressão; atriz se pronuncia

Juliana Paes é acusada de demitir funcionária com depressão; atriz se pronuncia

Adriana das Graças, no entanto, admite ajuda da artista mesmo após seu desligamento

Rio – Juliana Paes teve seu nome envolvido em um grande polêmica neste fim de semana. A atriz de 43 anos foi acusada por sua ex-funcionária, Adriana das Graças, de demiti-la após o fim de uma licença por causa de uma grave depressão. A trabalhadora, que prestou serviços para a artista durante onze anos, desabafou sobre a situação em um vídeo publicado por seu filho, Alberto João, no Twitter, nesta sexta-feira. A artista, no entanto, afirmou que o desligamento da ex-colaboradora foi feito conforme à lei.
“Você se dedica há onze anos a uma família, você vê os filhos nascerem, e quando você entra em depressão, tenta suicídio, se interna duas vezes em hospital psiquiátrico, você tem que ir pro Caps (Centro de Atenção Psicossocial) para conseguir remédio gratuito porque ninguém te ajuda. Muito obrigada, Juliana, por me achar maravilhosa”, afirmou Adriana no vídeo.
Na legenda da postagem, Alberto escreveu: “A moça do vídeo é a minha mãe, se dedicou por 11 anos na casa da Juliana Paes, deu seu máximo. Mas quando precisou se internar em hospital psiquiátrico, por causa de depressão, foi demitida. O INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) deu seis meses pra ela se cuidar, mas os mesmos não quiseram nem saber e demitiram ela”.
Continua após a publicidade
Após o vídeo viralizar, a assessoria de imprensa da atriz se pronunciou sobre o caso. “No último mês de julho, aconteceu, de fato, o desligamento da colaboradora. Juliana e família sempre foram cuidadosos e respeitosos com as questões de cunho pessoal que Adriana passou no período, e este jamais seria o motivo para o fim do contrato. Juliana manteve Adriana trabalhando durante anos em tratamento da doença e indo além de suas obrigações como empregadora com ajuda médica e também financeira. A dispensa se deu por outros motivos e foi feita dentro da lei, garantindo todos os direitos à ex-colaboradora. No mais, Juliana não irá se pronunciar novamente sobre o caso”, informou o comunicado.
Casa e plano de saúde pagos pela atriz
Após criticar Juliana Paes, Adriana contou, em entrevista à ‘Quem’, que sempre teve uma boa relação com a atriz. Ela ainda revelou que recebeu uma ajuda de R$ 1 mil para seu tratamento. “Os meninos (Pedro e Antônio, filhos de Juliana) são um amor de crianças. Amo. Dudu (Carlos Eduardo Baptista, marido da atriz) e Juliana também nunca tivemos um conflito”, disse.
Continua após a publicidade
Mãe de Alberto, 23, Allana, 19, e Lukas, 15, Adriana ainda afirmou que perdeu boa parte da infância de seus filhos, já que precisava se dedicar ao trabalho. “Me sentia muito triste porque eu não podia estar com meus filhos, mas eu entendi que eles só tinham a mim. Eu era a única fonte de renda dos meus filhos. Não tinha pai, só tinham a mim”, desabafou.
Por saber das dificuldades da ex-funcionária, Juliana Paes a ajudou a comprar uma casa. “Em 2012, eu pedi um empréstimo para comprar uma kitnet na favela, mas fiquei com medo de deixar meus filhos só em uma favela, até porque eu dormia no trabalho. Então, comprei no Km 34 uma kitnet, no meio do mato, e pedi para ela descontar todo mês do meu salário. Ficou tudo combinado. Quando chegou a hora de ela receber as parcelas, ela adiava. Mesmo assim, eu insistia, até que ela resolveu que era para eu deixar para lá”, explicou Adriana.
Ela também admitiu que a atriz paga seu plano de saúde e da filha, Allana, até hoje. “Eu não queria porque sabia que iriam jogar na minha cara em um momento apropriado. Não nego a ajuda que ela me deu. Só não vou me sujeitar a ser chutada feito cachorro morto, sem o direito de falar. Agora é a minha vez. Ela vai argumentar, falar um monte. Isso é fato”, justificou a cozinheira.
ODIA