‘Justiça Itinerante’ realiza mais de 100 atendimentos em dois dias na Zona Norte de Manaus

Em dois dias de ação no Centro de Convivência Padre Pedro Vignola, Zona Norte de Manaus, o “Programa Justiça Itinerante”, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), registrou mais de cem atendimentos. A ação ocorre até o dia 29 deste mês, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

A projeto leva serviços na área de família, área de Juizado Especial Civel com questões até 20 salários mínimos e a emissão de isenção para segunda via de registro civil.

“A maior procura de atendimento é por questões de divórcio, ressaltando que atendemos nos casos em que o divórcio é concensual entre as partes. Também é grande a demanda relativa aos pedidos de pensão alimentícia e de guarda de filhos, que costuma ser resolvida junto com a pensão”, explicou o coordenador da equipe de atendimento na unidade móvel do Justiça Itinerante, Ribamar Martins.

Entre as pessoas atendidas pela equipe do “Justiça Itinerante” está o agente de de portaria Diego Rodrigues, de 35 anos, que deu entrada no oferecimento de pensão alimentícia e regulamentação das visitas, referente ao filho dele de 6 anos de idade.

“Eu não via meu filho há cinco meses e só consegui passar alguns minutos no ultimo domingo, porque a mãe dele o levou à igreja que frequentamos. Vim aqui porque acredito na resposta positiva da Justiça para resolver essa questão. É uma formalidade que vai garantir o meu direito de estar perto do meu filho e conviver com ele, independente do relacionamento com a mãe dele ter acabado. Além disso, ele também tem a pensão assegurada”, disse o agente.

G1AM