Ladrões invadem casa de Emerson Leão e furtam medalha da Copa de 70

Joias e réplica de ouro da taça Jules Rimet também foram levadas

São Paulo – Criminosos invadiram a casa do ex-goleiro Emerson Leão, localizada no Jardim Paulista, bairro nobre de São Paulo, e furtaram a medalha de ouro conquistada por ele na Copa do Mundo de 1970, além de joias e uma réplica de ouro da taça Jules Rimet. O treinador havia saída de casa na quinta-feira (03) para viajar com sua esposa e só retornou no domingo (06) pela manhã, quando percebeu a invasão. As informações foram divulgadas primeiramente pela “Folha de São Paulo”.
Em depoimento à polícia, Leão contou que, ao retornar para casa no domingo, percebeu que o portão principal e outras portas do imóvel estavam arrombadas. As autoridades acreditam que a invasão aconteceu entre o fim da tarde de sábado e a madrugada de domingo.
“Dentro da minha casa parece que passou um terremoto. Ficou tudo destruído, tudo jogado no chão, tudo roubado. Todas as joias e 53 anos de trabalho no futebol foi levado. Anéis, colares, pulseiras, brilhantes”, disse Leão em entrevista à Band.
O caso está sendo investigado pela 14ª DP (Pinheiros). Até o momento, não há nenhum suspeito e nem pistas sobre o paradeiro dos itens furtados. A família do ex-treinador estima um prejuízo de aproximadamente R$ 20 milhões.
MEIA HORA