Mãe e filha morrem eletrocutadas após árvore cair e derrubar fio de energia no AM

Uma mulher de 38 anos e a filha, de 9 anos, morreram eletrocutadas, nesta quinta-feira (8), após uma árvore cair sobre a rede de energia, na área rural conhecida como Ilha da Marchantaria, em Iranduba, no interior do Amazonas.

De acordo com a Amazonas Energia, concessionária responsável pela distribuição de energia, a derrubada da árvore foi causada por uma forte ventania que passou pelo local. Na queda, a árvore atingiu a rede de energia.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a criança passava no local e encostou em um galho e recebeu a descarga elétrica. A mãe tentou salvar a filha, mas as duas acabaram mortas.

Uma equipe do corpo de bombeiros fez o resgate dos corpos das vítimas e encaminharam para o Instituto Médico Legal (IML). A mulher deixa outros sete filhos, menores de idade.

“Informamos que a empresa já está no local para realizar as ações necessárias, efetuar apurações na Ilha da Marchantaria e prestar auxílio as familiares”, informou a concessionária por meio de nota.

Adolescente morre após receber descarga elétrica

 

A adolescente Maria Eduarda de Souza Noé, de 16 anos, morreu após sofrer uma descarga elétrica, na terça-feira (6), no ramal do Acará, bairro Lago Azul, Zona Norte de Manaus. Em entrevista à Rede Amazônica, o tio que estava com a vítima no momento do acidente contou os detalhes da tragédia.

A jovem Maria Eduarda. — Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal.

A jovem completaria 17 anos nesta quarta-feira (7). Ela estava na garupa de uma motocicleta quando o veículo encostou em um fio de alta tensão desencapado. Familiares da vítima afirmaram que tinham acionado a concessionária Amazonas Energia desde às 19h de segunda-feira (5), mas a empresa só enviou uma equipe após a morte da garota.

G1AM