Moradores relatam tremor em Manaus após terremoto no Peru

Moradores de Manaus disseram que houve um tremor na cidade, na manhã desta quinta-feira (26). Os relatos ocorreram após o registro de um terremoto no Peru.

Na Zona Centro-Sul, moradores de prédios afirmaram que sentiram o tremor.

Servidores e visitantes que estavam na sede do Tribunal de Justiça Amazonas (TJAM), no Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus, também sentiram o tremor e deixaram o prédio por volta das 8h30. Em nota, a assessoria do órgão confirmou que o Edifício Arnoldo Péres registrou reflexo do terremoto.

A equipe da Secretaria de Infraestrutura do TJAM, a Defesa Civil e o Corpo Bombeiros foram acionados.

Após a ocorrência, a presidência do tribunal determinou que as atividades do prédio, do Anexo Administrativo e da Escola de Aperfeiçoamento do Servidor do Tribunal de Justiça do Amazonas (EASTJAM) ocorram na modalidade home office, nesta quinta. “Fica o registro do ponto eletrônico biométrico dispensado no dia de hoje”, diz o órgão, na nota.

De acordo com o TJAM, o trabalho remoto busca evitar prejuízo aos prazos processuais. “O atendimento às partes, advogados e público em geral fica mantido através do Balcão Virtual”, destaca o tribunal.

G1AM