Nos pênaltis, Corinthians vence o Palmeiras e fatura o Campeonato Paulista

A celebrada vantagem do Palmeiras durou apenas dois minutos de jogo. Num ataque fulminante, o Corinthians igualou os termos da decisão com o gol de Rodriguinho. Com o jogo indo para a disputa de pênaltis, o time visitante decidiu não pisar fundo e segurou o ritmo após o gol. Mesmo com o baque após o tento sofrido, foi o Palmeiras que teve as melhores chances no primeiro tempo. As tentativas, porém, ficaram quase todas nas mãos de Cássio, que teve que trabalhar muito mais que Jaílson na primeira etapa.

Aos 26 minutos do segundo tempo, o lance capital da partida. O palmeirense Dudu arrancou na ponta esquerda, fez tabela com Lucas Lima e caiu dentro da área após toque de Ralf. O árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza assinalou a penalidade. Após longo protesto dos corintianos e a manifestação do quarto árbitro da partida, Adriano de Assis Miranda, o juiz do jogo decidiu voltar atrás de sua decisão e cancelou o pênalti.

As câmeras da televisão mostraram que Ralf tocou na bola antes de derrubar Dudu. Pela leitura labial, o quarto árbitro Adriano chamou o juiz Marcelo e disse: “tocou primeiro a bola, mas a decisão é sua.” O jogo ficou paralizado por sete minutos e teve até a intervenção da Polícia Militar no gramado para acalmar os ânimos.