Nova tarifa nos taxímetros começa a ser implantada em Manaus

A mudança de tarifa nos taxímetros começou nesta segunda-feira (25) pelo Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-AM). Aproximadamente 3.325 táxis devem atualizar o instrumento de medição para implantar o novo reajuste.

A medida atende ao decreto municipal nº 5.330, de 13 de junho de 2022, publicado pela Prefeitura de Manaus, que estabelece o novo reajuste da tarifa do serviço público municipal de transporte individual de passageiro por táxi, nas bandeiras 1 e 2, e a hora parada.

O novo reajuste da corrida entrou em vigor no dia 20 de junho de 2022. Veja valores da nova tarifa:

  • Bandeirada passa de R$ 4 para R$ 5;
  • Quilômetro rodado na bandeira 1, passa de R$ 2,60 para R$ 3,12 no horário de 6h às 22h;
  • Bandeira 2, passa de R$ 3,45 para R$ 4,14 de 22h às 6h em dias úteis, finais de semana e feriados, o dia inteiro;
  • Tarifa da hora parada passa de R$ 40,00 para R$ 48,00.

Atendimento aos taxistas

 

Táxis em Manaus.  — Foto: Ipem/Divulgação

O serviço de atendimento aos taxistas/permissionários acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, e aos sábados de 8h às 12h, no terminal de Cronotacógrafo, na avenida Flamboyant, s/nº, Gleba D2H, Lote 15B2, Distrito Industrial II, zona sul. A ação segue até o dia (13).

Os motoristas precisam ficar atentos ao calendário de verificação, pois a regularização será feita de acordo com o número final do TA, explica o Adriano Cardoso, chefe do Departamento de Metrologia do Ipem.

“Nós criamos um calendário, esse cronograma já foi repassado para os taxistas, e o papel do Ipem, é verificar se o taxímetro está medido corretamente. O taxista recebe essa autorização para fazer essa mudança de tarifa, e ele vem até o Ipem, para fazer essa verificação, para garantir que o consumidor não seja lesado”, disse o chefe de Departamento.

Regularização

 

Para a mudança de tarifa os taxistas devem apresentar os seguintes documentos:

  • Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo (CRLV) – (emitido pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (DETRAN);
  • Documento de Arrecadação Municipal (DAM) – (emitido pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU);
  • Último certificado de Verificação do Taxímetro – (emitido pelo Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-AM);
  • Carteira de identificação de permissionário ou auxiliar – (emitido pelo Sindicato dos Condutores Autônomos e Taxistas de Manaus (SINTAX)

G1AM