Operação Concreto Armado amanhece na casa de ex-secretária

A Polícia Civil realiza na manhã desta quarta-feira, dia 18, a operação Concreto Armado e cumpre neste momento mandados de busca e apreensão no condomínio Ephigênio Sales, na zona centro-sul de Manaus.

De acordo com informação divulgada agora pela manhã no jornal “Bom Dia Brasil”, da Rede Globo, o alvo da operação é a ex-secretária de Estado de Infraestrutura (Seinfra) dos governos Eduardo Braga, Omar Aziz e José Melo, a engenheira Waldívia Alencar.

Segundo a Globo, o Grupo Especializado de Atuação Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado é o responsável pela investigação. Há suspeita de que R$ 40 milhões tenham sido desviados dos cofres do Estado por meio de licitações fraudadas e contratos superfaturados.

O jornal informou que entre 2009 e 2015, Waldívia aumentou o patrimônio de forma incompatível com o salário de secretária porque seria proprietária de duas mansões no Condomínio Ephigêncio Sales, supermercado e outros apartamentos, avaliados em R$ 11 milhões.

Fonte: BNC