Operação do Ibama flagra crime ambiental em serraria embargada no interior do AM

Fiscais encontraram cerca de 4 mil metros cúbicos de madeira em tora

Uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) constatou a atuação irregular de uma serraria no distrito de Santo Antônio do Matupi, na divisa com Humaitá e Apuí, Sul do Amazonas, mesmo embargada.

No local, fiscais encontraram cerca de 4 mil metros cúbicos de madeira em tora, sem origem legal. Além disso, também foram encontradas madeiras serradas.

A serraria foi desmontada e os equipamentos levados para a sede do Ibama em Manaus.

Ainda de acordo com o Ibama, foram localizadas, ainda, placas da cadeia de custódia da madeira em branco. A suspeita é de que o local usava créditos do manejo para acobertar madeira de procedência ilegal.

O Ibama informou que irá investigar de onde saiam os créditos para acobertar o transporte da madeira serrada.