Pavilhão! Unidos da Tijuca tem nova porta-bandeira

A Unidos da Tijuca escolheu a porta-bandeira que vai defender o pavilhão da escola em 2019. Raphaela Caboclo, que foi dispensada do Império Serrano, fará a estreia pela azul e amarelo. Ela voltará a dançar com Alex Marcelino após cinco anos – os dois formaram o primeiro casal da verde e branco da Serrinha entre 2011 e 2013.

O anúncio oficial ocorreu por meio do site da Tijuca.

Após o último desfile, Raphaela foi premiada com o “Estandarte de Ouro”, prêmio do Jornal O Globo, na categoria “Revelação”. Nas redes sociais, a porta-bandeira disse que o troféu foi “um sonho realizado”.

No último desfile, pelo Império Serrano, Caboclo levou o Estandarte de Ouro de Revelação – Foto: Flickr Riotur

Ex-porta-bandeira foi para o Salgueiro

Jack Pessanha anunciou em julho que deixaria a Unidos da Tijuca depois de uma única temporada. Ela e Marcelino perderam dois décimos dos jurados em 2018.

Em seguida, Jack foi oficializada como a primeira porta-bandeira do Salgueiro para 2019. A dançarina formará par com o irmão, Vinícius Pessanha. Em entrevista ao Sambarazzo, ela justificou a saída da azul e amarelo por causa do “amor” que sente pela vermelho e branco. 

Fonte: g1