PM é preso suspeito de atirar contra casa noturna após pedido para não fumar, no AM

Um policial militar, de 37 anos, foi preso após disparar diversos tiros contra uma casa noturna, em Parintins (distante 369 km de Manaus), na madrugada deste sábado (23). Segundo a Polícia Civil, um pedido para não fumar dentro do local teria causado a atitude do PM. Apesar do dano material, não houve feridos.

De acordo com o delegado Adilson Cunha, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins, o policial teria ficado irritado quando funcionários do local teriam pedido para ele não fumar dentro do estabelecimento.

Com o pedido, o homem saiu do estabelecimento e disparou contra o local. Os tiros atingiram o bar e destruiu o vidro da vitrine e das geladeiras de bebidas.

Em nota a PC-AM, afirmou que o suspeito foi apresentado no DIP de Parintins pelos crimes de disparo de arma de fogo e dano qualificado.

O agente foi levado à delegacia por uma guarnição da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), para procedimentos policiais, e ficará à disposição da Justiça.

Ao g1, a PMAM afirmou que ainda está apurando as informações e assim que estiver tudo esclarecido, tomará as medidas cabíveis.

G1AM