Ponte aérea Rio-SP será a primeira com embarque biométrico facial no mundo, diz Infraero

Operação do sistema biométrico facial foi inaugurada nesta terça-feira (9)  — Foto: Reprodução/TV Globo

A ponte aérea Rio-São Paulo será a primeira do mundo com embarque biométrico facial, segundo a Infraero. A operação foi lançada nesta terça-feira, com a presença do ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista.

Ao longo do mês de agosto, o sistema biométrico será instalado aos poucos. Ainda conforme a Infraero, ele ocorrerá de forma gradual e simultânea nos aeroportos paulista e fluminense. Até o dia 25 de agosto, o sistema deve ser completamente instalado.

Os passageiros podem escolher se querem embarcar com a biometria ou da maneira convencional, apresentando os documentos e a passagem aérea.

Viajantes de voos domésticos dos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, Rio de Janeiro, acompanharão ao longo de agosto a instalação, os testes e o início da operação do sistema biométrico para passageiros e tripulantes.

Além do ministro, parceiros do projeto Embarque +Seguro 100% Digital, o presidente da Infraero, Brigadeiro Hélio Paes de Barros Júnior; o diretor-presidente do Serpro, Gileno Barreto; o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann; e o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Juliano Noman, além de representantes da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero), participaram da inauguração.

Biometria facial no aeroporto de Congonhas  — Foto: Reprodução/TV Globo