Início Cidades Rio de Janeiro registra 253 casos ativos da varíola dos macacos

Rio de Janeiro registra 253 casos ativos da varíola dos macacos

No momento, 264 suspeitas seguem em investigação e outras 166 foram descartadas

Rio – A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou na noite desta segunda-feira (8) 253 casos ativos da varíola dos macacos (monkeypox) no estado do Rio de Janeiro. Até o momento, foram registrados 215 na Região Metropolitana I, 24 na Região Metropolitana II, 2 na Região dos Lagos, 2 na Região Norte, 1 na Região Noroeste, um na Região Serrana e oito casos não foram informados. Além disso, 264 seguem em investigação e 166 foram descartados.

A secretaria ressalta que, embora a doença tenha sido identificada primeiro em macacos, os animais não têm relação com o surto atual. Os casos confirmados e suspeitos são monitorados diariamente pela SES e pelas equipes de Vigilância em Saúde dos municípios.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio informou que todos os casos confirmados, até o momento, apresentam boa evolução clínica. Segundo o Ministério da Saúde, os sintomas desaparecem em poucas semanas na maioria dos casos. No entanto, é possível a ocorrência de casos graves e óbitos.
Desde o primeiro caso suspeito registrado no estado, o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde da SES faz o monitoramento diário dos casos, em parceria com os laboratórios de referência da Fiocruz e da UFRJ e as secretarias municipais de Saúde.

A doença

A varíola dos macacos é uma doença viral rara transmitida pelo contato próximo, íntimo com uma pessoa infectada e com lesões de pele. Esse contato pode ser, por exemplo, um abraço, beijo, massagens, relações sexuais ou com secreções e mucos da pessoa infectada.

Os sintomas iniciais costumam ser febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios (linfonodos) inchados, calafrios e exaustão. Em geral, entre um a três dias após o aparecimento da febre, o paciente desenvolve uma erupção cutânea, geralmente começando no rosto e se espalhando para outras partes do corpo.
Continua após a publicidade
Casos suspeitos: o pacientes, de qualquer idade, apresenta início de lesão em mucosas e/ou erupção na pele aguda semelhante a da varíola dos macacos, em qualquer parte do corpo. Também pode apresentar inchaço nos órgão genitais, podendo estar associada a outros sinais e sintomas.