Início Entretenimento Roupa Nova grava projeto em comemoração aos 40 anos da banda: ‘Várias...

Roupa Nova grava projeto em comemoração aos 40 anos da banda: ‘Várias surpresas’

No show, grupo vai homenagear o cantor Paulinho, que morreu em decorrência de complicações da Covid-19, em 2020: ‘Não sei como vamos reagir na hora’

Rio – É raro encontrar alguém que não saiba ao menos cantarolar um trecho das músicas ‘Dona’, ‘Whisky à go-go’ e ‘Eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir’, do Roupa Nova. Com mais de 20 milhões de cópias vendidas, 38 discos lançados e 35 temas de novela, o grupo embala o público há 42 anos com suas canções românticas e dançantes. Com um repertório repleto de sucessos, a banda sobe ao palco do Jeunesse Arena, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, neste sábado, para gravar um projeto em comemoração as quatro décadas de carreira. Já estão confirmadas as participações de Daniel, Anavitória, Marcos & Belutti, Melim e Tiago Abravanel.
Este é o primeiro trabalho grande do Roupa Nova desde o falecimento de Paulinho, em dezembro de 2020, devido a complicações da Covid-19. No lugar do músico, o paulista Fábio Nestares assumiu os vocais. Ao Dia, o cantor relembra sua história com a banda, que começou lá em 2002, e diz que tinha uma relação próxima com o artista. “Em 2002, gravei um disco por uma gravadora, e foi aí que me aproximei do Roupa Nova. Na ocasião, o Feghali foi produtor do disco e a banda tocou as músicas. Acabei ficando muito próximo do Paulinho, principalmente, e em 2015 foi quando comecei a substituir o Paulinho quando ele precisava. Paulinho foi meu amigão mesmo, frequentávamos um a casa do outro. Enfim, não foi só a perda de um ídolo, mas de um grande irmão”, afirma Fábio, de 50 anos.
A gravação do projeto que deveria ocorrer em 2020 foi remarcada algumas vezes devido à pandemia do novo coronavírus e a morte de Paulinho. Sendo assim, Fábio confessa: “Poder estar na gravação dos 40 anos da banda, e fazer uma homenagem a ele é incrível e com certeza muito emocionante”. O baixista Nando também reflete sobre a apresentação deste sábado. “É uma mistura de sentimentos essa gravação. Como seria se tivéssemos gravado há dois anos, como estava programado? O que nos espera hoje? Como o público vai reagir? É uma ansiedade que a gente passa dias sem dormir direito”, admite.
O público presente no show vai poder conferir de perto uma homenagem emocionante que os integrantes do Roupa Nova, Cleberson Horsth, Kiko, Nando, Ricardo Feghali, Serginho Herval e Fábio, farão a Paulinho. “Vai ser nossa primeira gravação sem o Paulinho. Estamos preparando várias surpresas e uma homenagem linda. Não sei como vamos reagir na hora. Mas, com certeza, com muita saudade e com a certeza que ele estará lá com a gente e com as quase 11 mil pessoas que vão para nos dar aquela força”, destaca Nando.
ODIA