Serasa faz mais de 59 mil acordos de renegociação de dívidas no AM

 

Serasa fez mais de 59 mil acordos de renegociação de dívidas no Amazonas, durante o mês de agosto. Os acordos foram feitos pela plataforma Limpa Nome. Em todo o país, foram realizados mais de 2,8 milhões de negociações, com descontos que somaram R$ 4,8 bilhões.

Segundo a Serasa, em todo o Amazonas 59.616 acordos, que alcançaram 38.771 pessoas. Já o total de acordos feitos na Região Norte, onde 136.340 pessoas que conseguiram renegociar suas dívidas, é de 207.251.

Enquanto o Amazonas atingiu 59.616, alcançando 38.771 pessoas, o Pará fechou o mês com 87.445 acordos, realizados por 57.299 pessoas. Rondônia chegou a 18.007 acordos, beneficiando 12.207 pessoas.

Tocantins chegou a 12.812 acordos e 8.710 pessoas atendidas. O Amapá firmou 11.560 acordos, por 7.637 pessoas. O Acre realizou 9.044, por 6.061 pessoas. Roraima alcançou 8.767 acordos, com 5.655 pessoas que conseguiram renegociar suas dívidas.

Os segmentos com maior número de renegociações foram telecomunicações (41%), securitizadoras (24%) e bancos (15%). O varejo ficou em quarto lugar, com 14%.

Um dos principais motivos para o crescimento do número de negociações foi a ação que possibilitou o parcelamento em até 24 vezes sem juros que a Serasa está realizando em parceria com mais de 50 empresas.

“É um momento desafiador para todos os brasileiros e, para quem não tem crédito no mercado, a situação fica pior. A ação de parcelamento e as ofertas de descontos são criadas para que essas famílias mais humildes possam retomar um mínimo poder de compra”, disse a gerente da Serasa, Aline Maciel.

Perfis dos consumidores que realizaram acordos

 

Endividados com renda de até R$ 2 mil foram os que mais renegociaram no mês de agosto, representando 44% dos acordos. A faixa de renda de até R$ 5 mil vem a seguir, com 26% das negociações.

As mulheres são as que mais renegociaram, com 54%, frente a 46% dos homens. Em relação à faixa etária, consumidores de 30 a 40 anos lideraram as negociações, com 30%. Uma curiosidade é que a Geração Z, formada por jovens de até 25 anos, representa 22% do total de acordos fechados em agosto.

Prorrogação da Ação de Parcelamento

 

Devido à grande procura, o Serasa disse que prorrogou até 12 de setembro a Ação de Parcelamento que permite a negociação de dívidas em até 24 vezes sem juros. A ação, que está sendo realizada pela primeira vez, busca facilitar o acesso ao crédito para 52,1 milhões de brasileiros que têm dívidas em atraso. Os acordos são disponibilizados, principalmente, por empresas dos setores bancário, de telecomunicações, varejo e securitizadoras.

As ofertas disponíveis na Ação de Parcelamento mantêm os descontos de até 90% para quitação das dívidas, dependendo do credor. A condição sem juros se aplica sobre as prestações do acordo de parcelamento, mas a dívida negociada pode conter os juros pelo atraso do pagamento.

Os interessados encontram as propostas de acordos nos canais oficiais da Serasa Limpa Nome, onde podem fazer todo o processo gratuitamente pela internet ou por telefone, e nos Correios, presencialmente.

O consumidor pode conferir se tem parcelas sem juros disponíveis por meio dos canais oficiais da Serasa: site serasalimpanome.com.br; App Serasa no Google Play e App Store; ligação gratuita 0800 591 1222; e WhatsApp 11 99575–2096.

A Serasa Limpa Nome segue até o dia 12 de setembro.

G1AM