Servidora do STJ morre após acidente durante férias nos Andes Peruanos

Uma servidora do Superior Tribunal de Justiça (STJ) morreu após um acidente nos Andes Peruanos, onde estava de férias. De acordo com amigos, Maria Lucia Paternostro, de 46 anos, caiu em um penhasco enquanto fazia uma trilha nas montanhas.

O acidente foi nesta segunda-feira (1º), em um local de difícil acesso, o que dificultou o resgate. Segundo amigos, apenas nesta terça-feira (2) o corpo foi encontrado e, no começo da noite, levado para Lima, capital do Peru, mas ainda não se sabe quando ele chegará em Brasília.

Durante uma sessão virtual, na tarde desta terça, os ministros da 3ª turma do STJ lamentaram a morte (veja mais abaixo). Malu, como era chamada, trabalhava como assessora-chefe do Núcleo de Gerenciamento de Precedentes e Ações Coletivas (NUGEPNAC).

Durante sessão virtual, ministro lamenta morte de servidora do STJ após acidente enquanto passava férias nos Andes Peruanos

Durante sessão virtual, ministro lamenta morte de servidora do STJ após acidente enquanto passava férias nos Andes Peruanos

‘Alto astral e radiante’

 

Maria Lúcia deixa uma filha de 12 anos. Segundo a família, a menina está “em estado de choque”.

Adriano Zed Teles, amigo da servidora e dono de uma academia de crossfit ,onde ela treinava, conta que recebeu a notícia da morte com surpresa. Malu tinha passado na casa dele antes de viajar para o Peru.

” Era uma pessoa alto astral, vibrava pelas conquistas dos outros, torcia feliz, sempre carismática e radiante. Era do bem e da paz. Muito querida”, diz Adriano.

 

Servidora do STJ, Maria Lúcia Paternostro morreu após cair de penhasco nos Andes Peruanos — Foto: Reprodução/Redes sociais

Na sessão da 3ª turma do STJ, nesta terça, o ministro Paulo de Tarso Sanseverino lamentou a morte de Maria Lúcia. Segundo ele, a servidora era “extremamente inteligente, diligente, competente e dedicada” (veja vídeo acima).

“Uma funcionária exemplar, uma grande perda para o tribunal. Todos nós ficamos bastante entristecidos”, disse o ministro.

 

Durante sessão, ministros do STJ manifestam pesar pela morte de servidora nos Andes Peruanos — Foto: YouTube/Reprodução

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins também manifestou pesar pela morte da servidora.

“Ela honrou e dignificou não apenas o STJ, mas também todo o Poder Judiciário e o sistema de Justiça. A sua história de vida é um exemplo de entrega com excelência e amor à causa da cidadania brasileira. Que Deus, em sua misericórdia infinita, conforte e fortaleça todos os familiares e amigos”, disse o ministro.

 

G1