Temporada de pesca esportiva começa neste mês no Amazonas

A temporada de pesca esportiva começa neste mês no Amazonas e vai até fevereiro de 2023. O estado conta com 25 municípios-polos da prática, e vai sediar, em agosto, a 1ª Feira de Pesca Esportiva, Ecoturismo e Turismo de Aventura da Amazônia (leia mais abaixo).

De acordo com o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (Codese), no Amazonas, os destinos preferidos dos turistas são Barcelos, Presidente Figueiredo, São Sebastião do Uatumã, Careiro da Várzea, Itacoatiara e Itapiranga (confira a lista completa abaixo).

A atividade tem as regras definidas no Decreto de Lei Estadual nº 39.125/2018, que permite aos pescadores fisgar o peixe, medir, pesar, fazer fotos, retirar o anzol e devolver ao habitat.

Segundo o coordenador da Câmara Técnica de Turismo do Codese , Caio Kanawati, o Amazonas fatura R$ 400 milhões com o mercado de pesca esportiva.

“Temos a possibilidade de gerar emprego e renda na capital e no interior, a partir do target mundial da pesca esportiva de água doce, que é o Tucunaré-Açú. Além disso, esse segmento possibilita o desenvolvimento sustentável aos municípios”, afirmou.

 

Confira os municípios aptos para a pesca no Amazonas

  1. São Gabriel da Cachoeira
  2. Santa Izabel do Rio Negro
  3. Barcelos
  4. Novo Airão
  5. Manaus
  6. Careiro da Várzea
  7. Careiro Castanho
  8. Autazes
  9. Manaquiri
  10. Manacapuru
  11. Anori
  12. Anamã
  13. Novo Olinda do Norte
  14. Borba
  15. Rio Preto da Eva
  16. Itacoatiara
  17. Presidente Figueiredo
  18. São Sebastião do Uatumã
  19. Silves
  20. Urucará
  21. Itapiranga
  22. Nhamundá
  23. Parintins
  24. Maués
  25. Novo Aripuanã

 

Feira de pesca esportiva em Manaus

 

Com o slogan “A Amazônia é uma aventura”, 1ª Feira de Pesca Esportiva, Ecoturismo e Turismo de Aventura da Amazônia vai acontecer entre os dias 18 e 20 de agosto, no Centro de Convenções Vasco Vasques, Zona Centro-Sul de Manaus.

Produtos, negócios, conexões e workshops estarão na programação do evento, que terá palestras e atividades formativas com profissionais da pesca esportiva do Brasil.

Serão 175 expositores. De acordo com o Codese, a expectativa é que, a cada dia, o evento receba 5 mil pessoas.

G1AM