Torcedores do Flamengo detonam Luiz Roberto em narração na Globo: “Baba ovo”

O narrador Luiz Roberto desagradou os torcedores do Flamengo após o clássico Fla-Flu por conta da forma com que o profissional trabalhou.

Luiz Roberto narrou o clássico entre Flamengo e Fluminense, que aconteceu neste domingo e desagradou aos torcedores do Flamengo. O duelo terminou com o placar de 2 a 1 para o Tricolor das Laranjeiras, no entanto, após o jogo, a web se irritou com o profissional.

Os torcedores do Flamengo afirmaram que o narrador da Rede Globo esteve torcendo para o Fluminense e se irritaram com os elogios feitos para o meia Paulo Henrique Ganso. Confira as principais reações!

Após a derrota do Flamengo no Fla-Flu, o comentarista Milton Neves falou sobre o atual momento do Flamengo e tirou o clube carioca da disputa do título, afirmando que a equipe não conseguirá mais alcançar o Palmeiras, comandado por Abel Ferreira.

“A tardia chegada de Dorival Júnior foi fator determinante para o clube da Gávea ficar de fora da briga pelo título do Brasileiro. Assim, o finalista da Libertadores e da Copa do Brasil “só” vai ficar com o caneco destes dois certames. Pois o Furacão e o Timão, respectivamente, não conseguirão nem fazer “cócegas” no Fla. E o Flu é um dos bons candidatos ao vice-campeonato!”, afirmou Milton Neves.

Por outro lado, Mauro Cezar Pereira, comentarista da Jovem Pan, fez um alerta sobre a situação envolvendo Rodinei e garantiu que o jogador se tornou uma ameaça ao Flamengo, principalmente com os jogos das finais chegando na sequência.

“Bote todo errado de Rodinei lá no meio e contra-ataque do Fluminense pelo seu setor. Pênalti! Nessas horas os fãs do limitado jogador não percebem a falha e consequentemente não entendem as críticas ao seu desempenho defensivo. Óbvio que Santos falhou. Também não achei pênalti, mas a jogada não aconteceria se o lateral-direito do Flamengo soubesse se posicionar como tal. É mapa da mina, sempre. Se os demais não corrigem seus erros, dá nisso. Mas os neófitos acham que por produzir algo no ataque é bom”, opinou Mauro Cezar.

TORCEDORE.COM