Tudo igual: Chapecoense e Grêmio ficam no empate sem gols na Arena Condá

Clube alviverde segue fora do Z-4 na Série B do Campeonato Brasileiro, enquanto Tricolor aumenta a sequência invicta

Chapecoense e Grêmio se enfrentaram na 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta terça-feira, e o empate sem gols prevaleceu na Arena Condá. As chances foram poucas, mas o jogo registrou momentos quentes, como a expulsão de Bitello e a rusga entre Nicolas e o assistente. O resultado aumentou a sequência invicta do Tricolor, que não perde há 15 partidas. O Verdão, apesar de não comemorar o triunfo, respira por ficar fora do Z-4.

Melhores momentos: Chapecoense 0 x 0 Grêmio, pela 21ª rodada do Brasileirão Série B 2022

  • COMO FICA?

    Com o resultado, Chapecoense e Grêmio somam um ponto na tabela. O Verdão fica com 23 e no 14º lugar, a três pontos da zona de rebaixamento. O Tricolor, com 35, segue na vice-liderança e a oito pontos do líder Cruzeiro e também do Londrina, que é o quinto (CLIQUE e confira a classificação).

  • OLHO NA AGENDA

    As duas equipes atuam como visitantes na próxima rodada da Série B. No domingo, 31 de julho, às 16h (de Brasília), a Chapecoense enfrenta o Vasco em São Januário. O Grêmio terá mais tempo de preparação até entrar em campo contra o Guarani. A partida acontece em 5 de agosto, às 21h30 (de Brasília), no Brinco de Ouro.

  • PRIMEIRO TEMPO

    Foram 48 minutos de raríssimas chances criadas dos dois lados. De oportunidades claras, nenhuma da Chape. Aos 7, Ronei bateu de longe à esquerda do gol, sem perigo. Do lado do Grêmio, apenas uma. Aos 21, Campaz ficou com a bola no campo de defesa, avançou em velocidade e chutou para defesa de Saulo. Para o Tricolor, a primeira etapa foi de prejuízos. Aos 23 minutos, Ferreira sentiu e precisou ser substituído por Guilherme. Aos 30, Bitello subiu demais a perna e acertou o rosto de Perotti. O árbitro mostrou o cartão vermelho direto.

  • SEGUNDO TEMPO

    A segunda etapa, assim como a primeira, foi fraca e de poucas chances criadas nos dois lados. Com um jogador a menos, o Grêmio demonstrou cansaço no decorrer da partida, enquanto a Chapecoense pressionou e levou perigo à defesa visitante, mas sem sucesso. Perotti, nos acréscimos, teve a melhor oportunidade, e Gabriel Grando fez linda defesa para impedir o gol alviverde.

    Chapecoense x Grêmio terminou sem gols
  • ESSA DOEU

    O Grêmio ficou com um jogador a menos aos 30 minutos de partida. Bitello subiu demais a perna ao dividir a bola com Perotti e atingiu em cheio o rosto do atacante da Chapecoense. O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior não pensou duas vezes e mostrou o cartão vermelho para o volante tricolor (veja no vídeo).

    Aos 30 min do 1º tempo - cartão vermelho direto de Bitello do Grêmio contra a Chapecoense

  • LADO NEGATIVO

    Se no turno a Chapecoense teve a melhor campanha como visitante, o mesmo não pode se dizer do desempenho do time na Arena Condá. O Verdão do Oeste é o pior mandante, com apenas uma vitória em 10 partidas. O último compromisso foi nesta terça, quando empatou sem gols com o Grêmio.

  • EMPATITE?

    Vitória e atuar fora de casa são coisas que não combinam para o Grêmio. Apesar de ter a quinta melhor campanha como visitante, a equipe gaúcha lidera o ranking de empates na competição nacional. Dos 11 jogos que fez longe de Porto Alegre, em nove somou apenas um ponto.

  • BORDERÔ

    • Público total: 11.302 torcedores
    • Renda: R$ 1.003.460