‘Vai ficar marcado na minha vida’, diz vítima de queda de alegoria em festival no AM

Vítima lembra o momento do acidente em Manacapuru

Vítima lembra o momento do acidente em Manacapuru

Dois dias após ser uma das vítimas da alegoria que despencou um guindaste no 24º Festival de Cirandas de Manacapuru (a 70 quilômetros de Manaus), o jovem Wanderson Sounier, de 27 anos, deu detalhes sobre o caso e contou que só percebeu o acidente quando já estava no chão.

Vídeos registraram o momento a ponta do guindaste enverga e leva a estrutura a despencar de uma altura de aproximadamente 15 metros, conforme o Corpo de Bombeiros. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), o acidente deixou 23 feridos, dos quais seis receberam alta, e 17 seguem internados.

Em entrevista à Rede Amazônica, Wanderson contou que, ao subir na estrutura, não ouviu nenhum barulho que pudesse indicar que a estrutura pudesse cair. Ele também descreveu que quando se deu conta, já estava no chão.

“A gente estava com adrenalina a mil, a gente estava alegre, feliz com o início da apresentação, não ouvimos nenhum barulho. Na verdade, quando percebemos, a gente já estava no chão, eu lembro que mexi meus braços, minhas pernas. Tentei levantar, mas por causa do cinto eu voltei, mas graças a Deus, os bombeiro foram muito rápidos para socorrer todos nós”, afirmou Wanderson.

Depois de receber alta, o cirandeiro se emocionou ao dizer que está na expectativa e torcida pela recuperação das demais vítimas.

“Dá um aperto muito grande no coração [ao lembrar dos demais feridos]. Porque a gente se envolve, ensaia, brinca. A gente nunca imaginou que isso ia acontecer, mas se Deus se quiser eles vão se recuperar para ano que vem estar todo mundo junto, para fazermos um grande espetáculo”, disse.

 

“Vai ficar marcado na minha vida, mas daqui pra frente a gente tem que tentar deixar isso pra trás e viver uma nova história”, concluiu.

Internados

 

Dos 23 feridos no acidente, seis receberam alta e outros 17 seguem internados em unidades de saúde de Manaus e de Manacapuru.

De acordo com o Governo do Amazonas, no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, em Manaus, há três pacientes internados, sendo um em estado grave. Outros quatro pacientes que estavam na unidade e apresentavam quadro de saúde sem gravidade foram transferidos para a Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), referência para tratamento ortopédico, onde irão aguardar a realização de procedimentos cirúrgicos.

Acidente com guindaste e alegoria no Festival de Cirandas de Manacapuru, no AM, deixou mais de 20 feridos.  — Foto: Reprodução

Nos HPS Platão Araújo e João Lúcio, em Manaus, permanecem internados três pacientes em estado grave e cinco pacientes com quadro de saúde estável.

No Hospital Regional de Manacapuru, um paciente segue internado recebendo acompanhamento, conforme informou a secretaria de saúde do município (Semsa).

Há, ainda, um paciente que está internado em unidade da rede privada na capital.

“A Secretaria de Estado de Saúde informa que todas as vítimas do acidente estão sendo acompanhadas pelas equipes médicas e de enfermagem das unidades”, finalizou o Governo do Estado, em nota.

 

Relembre o acidente

 

O acidente aconteceu na noite de domingo durante a apresentação da Ciranda Flor Matizada, que encerrava as apresentações do festival. A edição de 2022 tinha começado na sexta-feira (26), com a apresentação da Ciranda Guerreiros Mura. No sábado, houve apresentação da Ciranda Tropical, mas um temporal interrompeu a apresentação.

Vídeos que registraram o momento do acidente mostram que uma alegoria que estava suspensa pelo guindaste despencou de uma altura de aproximadamente 10 metros. Eu em um dos vídeos, é possível ver quando a ponta do guindaste enverga, levando a alegoria ao chão.

Acidente com guindaste deixa feridos durante Festival de Cirandas de Manacapuru, AM

Acidente com guindaste deixa feridos durante Festival de Cirandas de Manacapuru, AM

Também é possível observar que a estrutura caiu porque o cabo que segurava a alegoria acabou descendo depois que a ponta do guindaste envergou.

Ao todo, 23 pessoas ficaram feridas. Todas as vítimas estavam dentro da alegoria. Logo após o acidente, as vítimas foram atendidas ainda dentro da arena do festival. Parte delas foi levada para o hospital de Manacapuru e outros feridos foram transferidos para Manaus.

G1AM