Vapo x tapioca: Gerson e Matheus Henrique duelam pelo domínio da meiuca em Flamengo x Grêmio

Em uma decisão com tantos craques em campo, não faltarão duelos particulares em Flamengo x Grêmio, nesta quarta, no Maracanã. Um em especial salta os olhos e tende a ser decisivo na disputa pelo domínio do meio de campo. Jovens em ascensão, Gerson e Matheus Henrique são os respectivos motores de suas equipes.

Não é exagero afirmar que os dois são os responsáveis por ditar os ritmos de seus times. Apesar de jovens, adquiriram cedo a maturidade tática e hoje são peças fundamentais nas engrenagens de Flamengo e Grêmio.

As semelhanças não param por aí. Gerson (22) e Matheus Henrique (21) são jovens, jogam na mesma faixa de campo, deram um salto muito grande na carreira em 2019 e despertaram a atenção de Tite. O gremista já foi chamado para a seleção olímpica e para a principal. O treinador também está de olho no camisa 8 do Flamengo.

Gerson levou vantagem no primeiro encontro

Há três semanas, no empate por 1 a 1 em Porto Alegre, a sensação é que Gerson levou a melhor. O Flamengo dominou o primeiro tempo e foi superior no segundo. Gerson correu muito, apareceu em todos os setores e comandou o meio de campo. Saiu exausto, carregado, aos 27 da etapa final.

Mapa de calor de Gerson no jogo em Porto Alegre — Foto: SofaScore

Mapa de calor de Gerson no jogo em Porto Alegre — Foto: SofaScore

No entanto, apesar de não ter conseguido ajudar o Grêmio para frente, Matheuzinho foi o responsável por uma das melhores chances do Tricolor, em belo chute de fora da área. Diego Alves defendeu.

Mapa de calor de Matheus Henrique no jogo em Porto Alegre — Foto: SofaScore

Mapa de calor de Matheus Henrique no jogo em Porto Alegre — Foto: SofaScore

Fonte: GE