A Dona do Pedaço: o que já se sabe sobre o final dos personagens

Maria Da Paz ( Juliana Paes ) e Amadeu ( Marcos Palmeira )

Quando a palavra “fim” marcar o encerramento do último capítulo de A Dona do Pedaço, no próximo dia 22, estará encerrada a saga da guerreira Maria da Paz (Juliana Paes). A boleira que perde o amor de sua vida no altar, chega a São Paulo de mãos abanando, as usa para sobreviver fazendo bolos, constrói um império, é traída pela filha e pelo marido, perde tudo o que conquistou, vai à luta novamente, dá a volta por cima e, ao que tudo indica, terminará rica, casada com Amadeu (Marcos Palmeira) e com uma nova filha nos braços. Ufa!

Números impressionantes

Um sucesso, a novela das 21h da Rede Globo, escrita por Walcyr Carrasco, inspirou-se nos folhetins clássicos dos anos 1980 e fez bonito. A audiência comprova isso. No geral, A Dona do Pedaço teve média de 36 pontos na Grande São Paulo, o que é pouco abaixo dos 38,9 pontos de Avenida Brasil (2012), maior sucesso da década. Entretanto, hoje a concorrência com outras formas de entretenimento, como o Netflix, é mais “cruel” para os novelistas. Duas sequências em especial arrasaram nos números: o tiro de Maria da Paz em Régis (Reynaldo Gianecchini) fez a novela bater 44,3 pontos de audiência, e as cenas em que Jô (Agatha Moreira) usou um picador de gelo para tentar matar Téo (Rainer Cadete), registrando 42,7 pontos.

Diante do indiscutível sucesso de A Dona do Pedaço, as atenções se voltam para os desfechos dos personagens. Alguns deles têm seus finais guardados a sete chaves por Walcyr Carrasco, e somente os atores que os interpretam receberão os capítulos, poucos antes de gravarem as cenas. Uma “operação de guerra” para evitar vazamentos. Porém, Metrópoles descobriu os finais de alguns dos personagens que agitaram o país desde maio. Confira o que já sabemos!

Maria da Paz e Amadeu

Sim, o que foi interrompido logo nos primeiros capítulos será vivido no final: o amor de Maria da Paz (Juliana Paes) e Amadeu (Marcos Palmeira). Após se recuperar emocional e financeiramente dos golpes de Jô (Agatha Moreira) e Régis (Reynaldo Gianecchini), e retomar o controle de sua querida fábrica de bolos, a boleira vai, finalmente, se dedicar ao amor. Livre e desimpedida, ela cairá nos braços do advogado após este convencer o filho, Carlito (João Gabriel D’Aleluia), – numa linda e emocionante cena – a aceitar a nova madrasta.

Uma tarefa árdua, pois o garoto viu a mãe, Gilda (Heloísa Jorge), sofrer até morrer de câncer com a possibilidade de perder o marido para a antiga noiva. Ao ser pedida em casamento, a boleira vai surpreender e revelar ao amado que está grávida. Haverá uma passagem de tempo e ela dará à luz Sol, uma menina. “Eu acho que não tinha como não ser assim. O Amadeu foi sempre muito parceiro dela o tempo inteiro. Então, seria injusto se fosse de outra forma”, diz Marcos Palmeira.

TV Globo/DivulgaçãoTV Globo/Divulgação
Jô e Regis seguirão como golpistas de Deus
Jô e Régis

A dupla de vilões aprontou todas ao longo da novela. Juntos, protagonizaram cenas tórridas de paixão e praticamente destruíram a vida de Maria da Paz (Juliana Paes). Tudo pela incontrolável ambição por riqueza. Porém, ambos vão pagar: ela por seus crimes, já que assassinou Jardel (Duio Botta) e Lucas (Kainan Ferraz), e tentou matar Téo (Rainer Cadete), e ele por seu vício, pois é incapaz de se manter longe dos jogos e sempre perde dinheiro.

Assim, enquanto a vilã vai amargar vários anos numa penitenciária e fingirá se converter ao Evangelho para se manter viva, o playboy também usará a fé, mas para explorar pessoas. Quando Jô for solta, vai se unir novamente a Régis e ambos passarão a ganhar a vida dando golpes em inocentes. Se ficarão impunes… só Wlacyr Carrasco sabe.

Reprodução/TV GloboReprodução/TV Globo
Nathália Dill virou uma megera na pele de Fabiana
Fabiana

Após deixar o convento no interior do Espírito Santo para “conhecer o mundo”, Fabiana (Nathalia Dill) fez de tudo. Ela se aproximou da irmã, Vivi (Paolla Oliveira), por interesse, extorquiu Agno (Malvino Salvador) e Otávio (José de Abreu) para não revelar segredos sobre suas vidas pessoais, chantageou Jô (Agatha Moreira) com intuito de tomar a fábrica de bolos, e perdeu a virgindade com Rock (Caio Castro). Porém, nos capítulos finais os ventos da fortuna vão mudar.

A ex-noviça vai perder a Bolos da Paz quando o documento que Maria da Paz assinou anulando a transferência da empresa para Jô for encontrado. Em seguida, terá suas contas bancárias zeradas quando Bernardo (Bruno Gissoni), um hacker, tiver acesso a elas e transferir tudo para Agno. Ela ainda vai ameaçar chamar a polícia, mas o empresário, ardiloso, vai lhe dar um choque de realidade: se fizer isso, vai mostrar a origem ilegal de sua fortuna e será presa.

Assim, fica quieta e se conforma. Na miséria, Fabiana vai procurar Vivi e implorar para voltar a ser sua assistente, mas a digital influencer irá desprezá-la, pois só mostrou ser uma pessoa interesseira. “Eu te desejo toda a sorte do mundo, mas nós nunca nos aproximamos como irmãs. Desde o início você só demonstrou interesse. Não posso te ajudar, Fabiana”, dirá Vivi. Sem opções, a megera voltará para o convento, onde vai se tornar freira.

Vivi, Chiclete e Agno

O final desse triângulo amoroso que deu o que falar ainda é um mistério. No entanto, algumas pistas levam a um confronto sangrento. Traído por Vivi (Paolla Oliveira), que se envolveu com Chiclete (Sérgio Guizé), Camilo (Lee Taylor) conseguiu fazer com que a digital influencer se tornasse sua esposa e transformou a vida dela num sofrimento, passando fome em seu próprio quarto, onde fica trancada. Incapaz de fazer a jovem lhe amar e inconformado com a presença do matador profissional rondando sua esposa, tudo indica que o policial vai para uma cabana isolada no meio de uma floresta, longe de tudo e de todos. Será aí que Vivi conhecerá verdadeiramente o inferno.

Desprezada e humilhada, a blogueira vai ser tratada como um objeto sem valor pelo investigador. O que vai acontecer a partir daí, ninguém sabe, mas é forte a possibilidade de Chiclete ser avisado pela amada sobre o local do cativeiro numa cena em que ela conseguirá ligar do celular de Camilo. Assim, o justiceiro segue para o local e trava um duelo de vida e morte com o policial, levando a melhor. “Eu acho que nesse final tem que rolar tiro, porrada e bomba entre o Chiclete, o Camilo e a Vivi! Vai ter muita crueldade”, opina Sérgio Guizé. Há ainda a chance de Yohana (Monique Alfradique) participar da ação, já que a policial vai se dar conta de que o colega de profissão não vale nada.

Rock e Joana

O lutador de boxe vai terminar com a bela e doce Joana (Bruna Hamú), que apareceu em sua vida para lhe mostrar o que é realmente o amor. A garota, ao contrário do que se pensou, não é filha de Maria da Paz (Juliana Paes), já que as duas farão um exame de DNA que dará negativo. Assim, a principal função da personagem é mesmo ser a mulher de Rock (Caio Castro).

O rapaz, por sua vez, fará uma quarta luta contra Paixão (Duda Nagle). Após uma vitória para cada e um empate, dessa vez o filho de Eusébio (Marco Nanini) e Doroteia (Rosi Campos) vai levar a melhor e derrotar o rival numa luta terrivelmente sangrenta, que abrirão as portas para uma vitoriosa carreira profissional, seu grande sonho. A seu lado, a amada Joana, lhe dando todo o apoio.

Globo/DivulgaçãoGlobo/Divulgação
Agno (Malvino Salvador) e Leandro (Guilherme Leicam)
Agno e Leandro

Um dos personagens mais envolventes e decisivos de A Dona do Pedaço, Agno (Malvino Salvador) participou diretamente de vários momentos importantes da novela. No final, terá feito a riqueza e a miséria de Fabiana (Nathalia Dill), levado Rock (Caio Castro) à glória no boxe e recuperado a fortuna de Maria da Paz (Juliana Paes). Isso para citarmos apenas algumas ações dele. Sua homossexualidade, que levou ao fim seu casamento com Lyris (Deborah Evelyn), virou o centro das atenções.

Rejeitado pela filha, Cássia (Mel Maia), o sócio da Habitex tem batalhado pela aceitação dela no que diz respeito ao seu romance com Leandro (Guilherme Leicam), mas só terá sucesso quando salvá-la da morte em um plano para capturar o pedófilo que tentou violentá-la. Grata pela coragem do pai, a menina não só vai aceitar a condição dele de gay, como incentivá-lo a se casar com o companheiro. Quando os dois homens formalizarem o relacionamento e se tornarem de fato um casal, Cássia vai exigir um beijo e será atendida no fim de A Dona do Pedaço.

Fonte: portal metrópole