Preso suspeito de roubar R$ 10 mil de agências bancárias em Manaus usava peruca como disfarce, diz polícia

Um homem de 37 anos foi preso por suspeita de roubar R$ 10 mil de agências bancárias em Manaus foi preso. Segundo a polícia, ele costumava usar uma peruca como disfarce. A corporação informou em coletiva de imprensa nesta terça-feira (5), que o homem agia sozinho e chegou a levar três armas usadas pelos vigilantes das agências.

O primeiro roubo ocorreu no dia 9 de setembro, no Centro da capital. A segunda ação foi praticada dentro de um shopping na capital quase um mês depois, no dia 4 de outubro.

Suspeito foi apresentado à imprensa nesta terça-feira (5) — Foto: Ruthiene Bindá/Grupo Rede Amazônica Suspeito foi apresentado à imprensa nesta terça-feira (5) — Foto: Ruthiene Bindá/Grupo Rede Amazônica

Suspeito foi apresentado à imprensa nesta terça-feira (5) — Foto: Ruthiene Bindá/Grupo Rede Amazônica

De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), delegado Guilherme Torres, o homem rendia os vigilantes para pegar as armas deles. Em seguida, ele ameaçava os demais funcionários para, assim, pegar o dinheiro.

Torres ressaltou que, durante os roubos, o homem usava peruca, boné e óculos escuros para não ser reconhecido nas imagens das câmeras de segurança.

Apesar do disfarce, a polícia identificou José Roque Souza, que foi capturado na segunda-feira (4) em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Durante as investigações, uma arma utilizada por ele foi encontrada nas proximidades de uma das agências bancárias roubadas.

Ainda segundo a polícia, ele já cumpria pena em regime semiaberto por roubo e é investigado por um roubo que ocorreu no início deste ano em um supermercado. O homem foi indiciado por roubo majorado e será conduzido para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deve ficar à disposição da Justiça.

Fonte: G1